Visitante, seja Bem-Vindo! 
Novo Cadastro
Esqueceu a Senha?

Login: 
Senha:
LOURENÇO DE OLIVEIRA

Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro. Clarice Lispector
lourencoliv - LOURENÇO DE OLIVEIRA
RSS - As recentes de:LOURENÇO DE OLIVEIRA
&nbnsp;
 

----------------------------------------------------------------------------------------

PARTICIPE! Quero incluir Textos! É GRÁTIS, É fácil, É simples, EU POSSO!



LOURENÇO DE OLIVEIRA
Aniversário: 10/08
Cadastrado desde: 27/03/2011 -

Texto mais recente: NO FUNDO DO TEU OLHAR



Perfil
Sempre gostei de ler e por isso, na minha adolescência, devorava compulsivamente todos os livros que via pela minha frente. Hoje continuo com o hábito - embora selecione, naturalmente, entre as várias opções disponíveis.

Minha poesia é livre - sempre foi e pelo jeito sempre será! Não tem técnica, métrica, ou tendência didática - embora nunca estejamos totalmente livres de influências. Meu compromisso é com meu tempo e minha própria personalidade. De lá para cá, no entanto, duas gerações se passaram. É natural, portanto, desenvolver estilo próprio através da autocrítica.

Todos nós tentamos realizar sonhos e projetos. Mas sonhar é relativamente complicado. A maioria se perde neles e armazena apenas um celeiro de ilusões. Para realizá-los temos que simplificá-los, vendo-os com riqueza de detalhes e nitidez. É preferível ter um grande sonho de forma bem definida do que muitos sonhos pequenos de forma vaga. Porque, como diz Paulo Coelho, quando definimos com clareza o que desejamos, o Universo conspira a nosso favor!

Infância, adolescência, maturidade. Família, política, religião. Indivíduo, comunidade, sociedade. Conceito, filosofia, tradição. Pergunta, resposta, aprendizado. Caro, barato, relativo. Certo, errado, cultura. Sonho, realidade, ilusão. Nascimento, morte, vida. Sincretismo, pluralismo, generalismo. Caráter, personalidade, comportamento. Mistério, magia, sedução. Começo, meio, fim. Concreto, abstrato, poesia. Vivência, lembrança, experiência. Sentimento, emoção, confusão. Sinceridade, hipocrisia, naturalidade. Crença, fé, poder. Poder, responsabilidade, conquista. Feio, bonito, visão. Visão, interpretação, ponto de vista...

Assim é a vida, com todos os seus extremos e paradoxos, de bom e ruim, de sério e chato, de lírico e envolvente. Que o amor maior que nos mantém a todos unidos transforme-se, um dia, em outra coisa etérea no Universo “posto que é chama; mas que seja eterno enquanto dure!”.

O poeta maior se foi, mas viveu seriamente como um eterno menino. Exerceu plenamente seu direito de opção por um estilo de vida diferenciado. E nos deixou, como outros, apenas um exemplo do que a vida pode nos proporcionar. Ou negar! A realidade é um fato que ninguém consegue contestar. Mas os momentos vividos são sagrados – ninguém poderá nos tirar. E os sonhos são nossos, pois ao ser humano é permitido sonhar! E ao Universo... conspirar!

Nossa vida pode passar em branco ou não – depende do que fazemos em comunidade. O que direcionamos a nós, nos mantém vivos; o que produzimos para a humanidade, nos imortaliza. Mas é importante também, como disse Monteiro Lobato, “não fazer certo a coisa errada...”

Isso é um pouco de mim...



Busca Geral:
Título
Texto Título e Texto


CLIQUE AQUI! PARA LER OS TEXTOS CADASTRADOS!
ESSE LINK VAI PARA A PÁGINA PARA EXIBIÇÃO DOS TEXTOS!

Galeria de Fãs
Sou Fã de...
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.