Espaço Literário

O Melhor da Web

 


Sua contribuição é muito importante!
Peço que as poesias tenham a autorização e/ou respeite o crédito do autor.

Se algum texto violar essa regra ou se o autor pedir para retirar, este será deletado de nosso banco de dados.
Qualquer abuso favor entrar em contato e comunicar o fato.
Desde já agradeço!
Cláudio Joaquim


Principal >> Mural INCLUIR TEXTO NO MURAL
03/01/2010 14:57:13 :: LEOMÁRIA MENDES SOBRINHO


SALVADOR
SALVADOR NÃO É SÓ BELEZA
TEM MENDINGOS NA RUA E VIOLÊNCIA
A PERIFERIA É UMA TRISTEZA
SÃO PÉS DESCALÇOS E FAMÍLIA EM FALÊNCIA

A MISÉRIA ASSOLA TODA A FAIXADA
PARA O ARTISTA É CONSERVAÇÃO PATRIMÔNIAL
MOTIVO PARA SE REDUZIR A MESADA
E O INVESTIMENTO PARA REFORMA SOCIAL

INSTABILIDADE, INSEGURANÇA E MENDINGANÇA
COME-SE DROGA E BEBE-SE CACHAÇA
VERDADEIRO PARAÍZO INFERNAL.

ROUBO, ASSALTO E DESIGUALDADE RACIAL
ONGS E PROJETOS, MEIOS DE ESPERANÇA
SONHO DE REALIDADE VIRTUAL.


AUTORA: LEOMÁRIA MENDES SOBRINHO
24/11/2009
 
03/01/2010 14:52:31 :: LEOMÁRIA MENDES SOBRINHO


NATUREZA

QUEM SOMOS? A VIDA.
QUEM SOMOS ?AS FLORES.
QUEM SOMOS? A BRISA.
QUEM SOMOS?AS CORES.

QUEM SOMOS? O MAR.
QUEM SOMOS? A GENTE.
QUEM SOMOS? O AR.
QUEM SOMOS? A SEMENTE.

QUEM SOMOS?A ÁGUA.
QUEM SOMOS? O GRÃO.
QUEM SOMOS? A ESTRADA.

QUEM SOMOS? A NUVEM.
QUEM SOMOS? O CHÃO.
QUEM SOMOS? O HOMEM.

AUTORA: LEOMÁRIA MENDES SOBRINHO
06/12/2009
 
03/01/2010 14:45:47 :: LEOMÁRIA MENDES SOBRINHO


SAUDADE
A VIDA PASSA TÃO DEPRESSA
E A PERDA CORRE EM NOSSO SANGUE
O TEMPO EM NOSSO OLHAR CONFESSA
-SAUDADE NÃO SE ZANGUE!

PEDAÇOS DE RECORDAÇÕES
CONTAMINAM A NOSSA HISTÓRIA
TENTAMOS EXTRAIR AS FRAÇÕES
SOBRAM-NOS RESTO DE HISTÓRIA

ESTAMOS PERDIDOS ÀS NOSSAS RAZÕES
LIGADOS EM UMA SÓ REALIDADE
PRESOS EM TODAS AS ILUSÕES

NÃO NOS PRENDAMOS À MALDADE
SE NOS PERDERMOS QUE NÃO SEJAM ÀS EMOÇÕES
LIGUEMO-NOS UNIDOS À HUMANIDADE.
 
03/01/2010 14:40:36 :: LEOMÁRIA MENDES SOBRINHO
MENÇÃO HONRROSA DO PRIMEIRO CONCURSO DA APOLO
DIREÇÃO DA APOLO - 29/ 12/ 2009

Mensagem: CONCURSO DA APOLO - CONCLUSÃO: MENÇÕES HONROSAS - Carlos Augusto Souto de Alencar – Campos dos Goytacazes - RJ - O RELÓGIO DAS ALMAS VENDIDAS - Mercêdes Pordeus – Recife – PE - A INFÂNCIA E O MUNDO - Jerbialdo Silva Campos - São Paulo – SP - SOMOS... - Leomária Mendes Sobrinho – Salvador - BA - APOLO ACADEMIA DE LETRAS - Simone Pedersen - Vinhedo – SP - PARALISIA - Ricardo DE Benedictis - Presidente
Email: mrbenedictis@yahoo.com.br
 
03/01/2010 14:38:44 :: LEOMÁRIA MENDES SOBRINHO
DESENHO


PASSO O TRAÇO
FAÇO A CURVA
ALINHO A RETA
USO O TRANSFERIDOR
GUARDO A PASTA
COM A CANETA
TENHO LÁPIS DE CÔR
GOSTO DISSO
DO QUE FAÇO
SOU DESENHISTA
ABRO O MEU COMPASSO
MEÇO O T NO PEDAÇO
DE PAPEL E COM A ARANHA
CONTORNO NUMA ESTRANHA
ÁREA COM UMA COVA
AO CENTRO DA PERSPECTIVA
DE IDÉIA BEM SELETIVA
SOU ARTISTA
MUITO LIBERAL
NA VERDADE MUITO DESIGUAL
TENHO QUE SER CALCULISTA
TER GOLPE DE VISTA
SER GENIAL
SER DESENHISTA
INVADIR O CÍRCULO
PENETRAR A ARESTA
ESCONDER O POLO.

AUTORA: LEOMÁRIA MENDES SOBRINHO
 
02/01/2010 14:30:53 :: LUCILENE SOUZA DA SILVA


      COMO ESTÁ O TEU CAMINHAR?


Passavas pela calçada
com passos determinados
nem um olhar lançavas
a todos ignoravas...

Assim continuou sua vida
nada o deteve em andar,
passavas por cima de tudo
jamais o encantou o luar...

Mas o futuro o surpreendeu
pois um dia o Amor conheceu,
desejou ao passar pela calçada
ter notado aquela fachada...

Em grandes letras douradas,
uma frase chamava atenção:
VINDE A MIM OS CANSADOS E SOBRECARREGADOS
E EU VOS ALIVIAREI
seus olhos foram abertos a também seu coração
a DEUS Todo Poderoso a JESUS o Rei dos Reis...

Daquele dia em diante
a cada passo que davas
louvava ao Senhor Soberano
pelos passos e pelas calçadas...

Te pergunto agora meu irmão,
Como teus passos estão?
Tens tido tempo para olhar?
Ou como outrora, esse homem,
passas a tudo ignorar?

A fachada ainda está lá
ainda há tempo para olhar
não demores, o SENHOR o chama
mude agora o teu caminhar!!!



                        Lucilene Souza da Silva
 
01/01/2010 19:57:22 :: Clevgospel


PEDRADAS

COM AS PEDRADAS QUE ME APEDREJARAM
FIZ COM ELAS UMA COBERTURA DE MURALHA
FIQUEI COMO NUM CASTELO FORTE
HOJE AS PEDRAS QUE ME APEDREJAM
BATEM SOBRE AS MURALHAS
CAEM COMO SENDO PASSARELAS
ENFEITANDO A MINHA JORNADA
SENDO PEDRAS COM ESTÓRIAS
CADA ESTÓRIA UMA VITÓRIA
E DE VITÓRIA EM VITÓRIA
VOU VIVENDO PARA A GLÓRIA
FORAM PEDRAS E SÃO GLÓRIAS
TUDO PARA O REI DA GLÓRIA
QUE É A PEDRA DE ESQUINA
ELE É A PEDRA ANGULAR
QUE SENDO ELE A PEDRA
À NINGUÉM QUIZ APEDREJAR
COMO AS PEDRAS SOBRE O MAR
MUITAS ONDAS À ROLAR
VENTO FORTE SUL E NORTE
TEMPESTADE...FURACÃO
O VULCÃO EM ERUPÇÃO
E A PEDRA SÓ PARADA
POR SI SÓ EQUILIBRADA
SENDO ELE A ROCHA VIVA
SENDO ELE A ROCHA FERIDA
POR MOISÉS COM SUA IRA
QUANDO ESTAVA SENDO APEDREJADO
AS PEDRADAS VEM DE SÉCULOS
SEM DISTINÇÃO DE RAÇA, COR E CREDO
SENDO ELAS PARA A MORTE
SENDO ELAS PATROCÍNIO
CONDUTORAS DE SUCESSOS
QUANDO CRISTO SE COMPADECE
E DIZ: -AQUELE QUE NÃO TEM PECADO
ATIRE A PRIMEIRA PEDRA!...
COMO A MULHER ADÚLTERA
QUE FICOU SENDO SUCESSO!
E TODAS AS PEDRAS
QUE NOS APEDREJARAM
QUE SEJAM COMO RÓTULOS
COMO SLOGAN E COMO GRIFE
À DAR MARCA E QUALIDADE
AUTENTICADA E REGISTRADA
COM O SELO E O CARIMBO
SENDO ATALHO À OUTRA ESTRADA
COM COBERTURA DE MURALHAS
CONSTRUIDA PELAS PRÓPRIAS PEDRADAS!

 
01/01/2010 00:08:48 :: RAFAEL MATOS


# Novo ano, nova vida (soneto - reflexões)

Todo ano que começa é uma chance que nos é dada
Para tentarmos mudar tudo aquilo
Que consideramos estar errado na nossa vida.

É tempo de jogarmos fora preconceitos bestas e imbecis,
Que só fazem nos afastar do convívio com os outros
E nos tornam seres individualistas e desumanos.

É hora de renovar a nossa esperança,
Esperança, sentimento que nos alimenta...
Para continuarmos a viver.
A esperança nunca pode morrer dentro de nós.

No dia que isso acontecer, deixaremos de viver.
Novo ano, nova vida, novas atitudes,
Ocasião para fazermos um balanço da vida,
Mantendo e até aperfeiçoando o que existe de bom nela.

Produzido em 07/01/2005

------------------------------------------------------
Atenção: em breve, textos inéditos!!!...
------------------------------------------------------
 
29/12/2009 14:49:17 :: GORETTI ALBUQUERQUE


Autor(a) Goretti Albuquerque

Em uma lágrima o Amor esculpiu.

Contrariando as formas de amar,
Fui um dia no Céu te buscar.
A caminho eu voei a pensar,
Vi um Anjo a trombeta tocar.

Uma luz ofuscante eu sentia
E o teu rosto me olhando sorria.
Tinha vida, encanto e magia,
Pela minha cortina teu mundo eu vivia.

Não fosse o lindo Cometa a passar...
Feito um véu que te fez ocultar;
Pelas fendas do tempo a notar,
No teu beijo o poder de encantar.

Vislumbrei e te amei no infinito
Onde o amor tem um jeito bonito
Nas galáxias, no ar onde habito,
Trago amores ao solo bendito.

Quando a lua me amou e sorriu
Veio o sol aqueceu-me e sumiu.
Uma estrela piscou e surgiu,
Nosso olhar uma lágrima esculpiu.

Tens na voz melodia e emoção
no teu beijo o som da canção
Não é justo viver sem a minha paixão,
Nosso amor de infância nossa louvação!

 
29/12/2009 14:40:01 :: GORETTI ALBUQUERQUE


Amor Perfeito

Muito além das estrelas,
Nos mistérios do infinito,
Dois amantes são centelhas,
Vivendo um amor bendito.

São pétalas são diademas,
Da terra levaram “amor,
Viveram feitos poemas,
Dois anjos    suaves cheirando a flor.

Aqui tiveram suas dores,
Percalços e desafetos,
Mas, seu mundo tinha cores,
Botões nascendo do Amor Perfeito.

Hoje retrato nosso amanhã,
Entre caricias meu peito arvora,
Tocamos harpa em pele nua e pagã!
Lá bem distante somos a nova aurora.

Bem junto às estrelas vamos nos amar,
Sorrindo um hino vamos entoar,
E quando para o alto Deus nos chamar...
Seremos brilho de um eterno luar!!!

Goretti Albuquerque
 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.