Espaço Literário

O Melhor da Web

 


Sua contribuição é muito importante!
Peço que as poesias tenham a autorização e/ou respeite o crédito do autor.

Se algum texto violar essa regra ou se o autor pedir para retirar, este será deletado de nosso banco de dados.
Qualquer abuso favor entrar em contato e comunicar o fato.
Desde já agradeço!
Cláudio Joaquim


Principal >> Mural INCLUIR TEXTO NO MURAL
19/05/2010 16:06:13 :: MARCO GOMES


Lance seu olhar para o infinito e, mesmo que as nuvens ou as lágrimas não lhe permitam ver as estrelas, diga como quem tem certeza:

Sou herdeiro das estrelas,
Eu sou filho do Senhor,
Cultivo sonhos de beleza,
Na grandeza do amor.

Com as estrelas eu sempre sonho
E nelas vejo brilhar
A viva esperança de um dia,
Junto a elas poder estar.

Ver coisas tão sublimes
Da pátria espiritual,
Morada verdadeira
Do espírito imortal.

Não importa o quanto espere
Eu sei que não vou perdê-las,
Pois sou filho do Senhor,
E herdeiro das estrelas.

MOMENTO ESPÍRITA
 
19/05/2010 07:01:36 :: GORETTI ALBUQUERQUE



Eu queria Dizer...


Que o saber em silêncio,
Tem magia e segredo
Diz no toque em bom tom;
Mil palavras sem som.

É mais sábio o que pensa,
E pausando reflete o dizer;
Quando um tolo se diz saber tudo,
Nada sabe e caminha confuso.

A prudência é melhor das virtudes,
Paciência produz amplitude,
Cada um pode ir mais além,
Se com calma buscar só do bem.

Sentimentos confrontam a mente,
Abre fresta e processa a boa semente,
Grandes homens “pensaram” e deixaram,
Magníficos achados e muito pensaram.

Quando a dor é sentida no peito,
Sempre uma causa e o efeito;
Só então vale viver a vida,
Se a mesma tem corpo e alma sentida.

Eu queria dizer do “dizer!”
Bem assim do meu jeito maluco;
Pode ser que o que eu tento fazer,
Nunca faça você compreender.

Goretti Albuquerque.
 
17/05/2010 13:28:26 :: GORETTI ALBUQUERQUE


O Amanhecer na Floresta



Amanhece na floresta
O sol banhando os vales,
Por lá não existem os males,
Cachoeiras e verdes matas.
Rochedos curvam-se,
Com o passar do tempo,
Como que em reverência,
E o vento sopra em lamentos.
No alto do velho arbusto,
Um beija-flor bate asas;
Olha a flor...
Tira-lhe o néctar do amor.
Andorinhas em revoadas,
Unidas ecoam um canto,
Tagarelas contemplam a natureza,
Migrando em busca de pouso,
Regressando à tardinha em constante alarido.
Um esquilo brincalhão a roer,
Algo que o mantém distraído,
Nem percebe um grilo em um galho,
Devorando as folhas saltitantes.
Enquanto isso dona formiga,
Leva em suas costas seu pesado alimento,
Um suculento caule verdinho.
O burburinho das águas,
Embalam os peixes que escalam,
E nas encostas deixam seus ovos,
E sua prole procria.
Sobre os altos galhos,
De olhos bem atentos,
Uma águia sobrevoa majestosa,
Lança um vôo certeiro em busca,
De um pintado lento que passa.
A festa estende-se até findar o dia.
Com o manto da noite, chegando,
Desce a lua vaidosa e brilhante,
Bicharada radiante,
Confraternizam em instantes.
Isso    que é vida em Pasárgada!!!

Goretti Albuquerque
 
15/05/2010 22:58:25 :: JOKER


MENSAGEM URGENTE: VALDIQUE BACKSPACE


POR FAVOR, CREDITE AUTORIA AO VERDADEIRO ESCRITOR DA OBRA, CERTAMENTE, FARÁ JUSTIÇA AO TRABALHO LITERÁRIO, A PUBLICAÇÃO DESSE TEXTO POR VOSSA SENHORIA, SEM OS DEVIDOS CRÉDITOS, NADA MAIS É O RECONHECIMENTO DE SUA FALTA DE TALENTO OU DE CARÁTER... POIS PREJUDICA O AUTOR, QUE PUBLICOU ESSE CONTO NO SITE RECANTO DAS LETRAS.
CASO TENHA ALGUMA DÚVIDA QUANTO A ISSO, REPARE QUE O CONTO POSSUI A MESMA FORMATAÇÃO EM CAPSLOCK LIGADO, EM MAIÚSCULAS, QUE É UMA CARACTERÍSTICA DO ESCRITOR. RESUMINDO, SUA OPERAÇÃO DE COPIAR E COLAR, SEMPRE SERÁ BEM VINDA PARA DIVULGAÇÃO DO TRABALHO DE ESCRITORES, MAS FAZ-SE IMPORTANTE, CREDITAR A AUTORIA E O ENDEREÇO ONDE FOI PUBLICADO O CONTO, PARA QUE O TRABALHO SEJA RECONHECIDO.
TENHO CERTEZA, QUE FICAREMOS AGRADECIDOS À VOSSA SENHORIA, POR DIVULGAÇÃO E PUBLICAÇÃO DA OBRA.
FAÇO PREVALECER MEU DIREITO DE RECONHECIMENTO PELO TRABALHO, HAJA VISTO QUE O MESMO FOI PUBLICADO NO RECANTO DAS LETRAS. SITE ESSE ONDE VOSSA SENHORIA PUBLICOU TAMBÉM TEXTOS RECENTEMENTE!

***************************************

CASO ALGUM ESCRITOR DESSE SITE, TENHA INTERESSE EM AVERIGUAR O QUE ESTOU DIZENDO, BASTA COMPARAR A PUBLICAÇÃO DO CONTO REGISTRADO NO "RECANTO DAS LETRAS", COM O PUBLICADO NO POESIAS O MELHOR DA WEB, PARA DESCOBRIR QUE NÃO TENHO INTERESSE NENHUM EM PREJUDICAR O SR VALDIQUE BACKSPACE (PEDRÃO VVV - RECANTO DAS LETRAS), APENAS DESEJO QUE O ESCRITOR AUTENTIQUE O CONTO SOFIA: CARNAVAL EM OURO PRETO, COM A DEVIDA AUTORIA, POIS É UMA FORMA DE RECONHECER O TRABALHO DE PRODUÇÃO DO MESMO. FELICIDADES À TODOS E BOA SEMANA...

 
15/05/2010 20:56:04 :: JOKER


POR FAVOR, CREDITE A AUTORIA AO VERDADEIRO AUTOR, POIS VOCÊ SABE MUITO BEM QUE NÃO ESCREVEU ESSE CONTO...
SOFIA: CARNAVAL EM OURO PRETO É UMA OBRA PUBLICADA NO SITE RECANTO DAS LETRAS POR OUTRO ESCRITOR, "JOKER".
SINCERAMENTE VOCÊ PODE RECONHECER SUA MÁ FÉ EM RELAÇÃO À OUTROS ESCRITORES, CREDITANDO A AUTORIA.
APENAS ESTOU EXIGINDO QUE FAÇA O QUE É CERTO... PARA SALVAGUARDAR, A CRIAÇÃO LITERÁRIA DE OUTROS ESCRITORES, COM TALENTO, QUE ESCREVEM NA INTERNET.
SE NÃO POSSUE TALENTO PARA TANTO, PELO MENOS, TENHA O BOM SENSO DE INFORMAR O SITE DO QUAL COPIOU E COLOU E A AUTORIA DOS CONTOS ERÓTICOS PUBLICADOS EM SEU PERFIL. CONTINUO ESPERANDO PROVIDÊNCIAS...

JOKER
 
15/05/2010 10:20:47 :: MARCO GOMES


Se a semente recussasse o sacrifício no seio da gleba em que aprende a morrer para ressurgir a benefício dos outros, não colheríamos o grão que nos supre o cleiro e se o grão repelisse a mó que o desintegra, a pretexto de conservar-se, não disporíamos do recurso indispensável ao pão que nos alimenta.

CHICO XAVIER
 
15/05/2010 09:38:16 :: GORETTI ALBUQUERQUE


Parabéns minha “Didice!”

Um dia eu te conheci...
Era um anjo gigante,
De mãos ternas
Com olhar fascinante.

Meninona grande,
Sorriso inocente,
Abraço cativante,
Amo-te eternamente!

Fui sua mãe, a filha, a amiga;
Encontrei em você a pureza da flor.
Fui sua memória, seus passos amigos,
Tua boca encanta-me sorriso de amor.

Aprendi compreender-me contigo,
Tuas mãos a arrumar meus cabelos,
Muitas vezes meu choro eu não pude contê-lo,
Meninona querida, teu colo é abrigo.

Hoje é seu aniversário.
Quero de coração parabenizar-te!
Deus te cubra de luz grande “Ser”, pequenina!
Parabéns e pra sempre és minha menina.

Hoje não mais te lembras quem sou...
Não faz mal lembrarei por você com carinho.
Muitas vezes fui seu caminhar, seu pensar;
Deus te guarde “Didice” eu te amo e por ti vou orar!

Homenagem aos 87 anos de Dirce de Paula e Silva.

Goretti Albuquerque.
Franca 02 de Maio de 2010.


 
15/05/2010 08:21:46 :: GORETTI ALBUQUERQUE


                  Mensagem Passagem!!!

Aquele caminhar,
Descompassado e lento;
Lembrando o legado a deixar,
Lá no peito as batidas marcando o momento.

Pela vida ele acumulou,
Um saber e ninguém o notou;
E o bom velho tristonho pensou...
Tanto fiz e pra vida nada adiantou.

Fui vaqueiro subi as colinas,
Reguei flores, pisei sobre a erva daninha;
Fiz correias do couro comi todo o sal da salina,
Fui um gado marcado e a marca era a minha.

Já fui moço formoso e querido,
Corri mundo buscando meu rumo;
Provedor do amor fui usando meu sexto sentido,
Onde um peito suporta, eu amei e deixei meu resumo.

O meu nome é respeito e coragem.
Aprendi com o passar os valores de minha linhagem;
Vai versando e compondo essa minha bagagem,
Aproveito a mensagem, eu... Peço passagem!!!

                     Goretti Albuquerque








 
15/05/2010 08:16:43 :: GORETTI ALBUQUERQUE


            Segue o ritmo

Vem comigo sonhar,
Quero a lua alcançar;
Nas estrelas falar do amor,
E no manto da noite te amar!

Segue o ritmo em canção,
Beija o bem faz a vida mudar,
Toca o sino em uma oração,
Vem comigo sonhar!

Mãos unidas preciosas,
Aplaudindo a beleza e o bem;
Mundo lindo feito mar-de-rosas,
Partilhando igualdade Amém!

Toca, abraça bem forte o amigo,
Ele um dia te estendeu a mão.
O inimigo comunga contigo,
Faz junção tenha um bom coração.

Veio a noite coberta de luz,
Refletindo a inocência de uma criança.
E a lua de encantos seduz,
É um cenário perfeito pra tua lembrança.

Goretti Albuquerque


 
15/05/2010 08:13:01 :: GORETTI ALBUQUERQUE


O Amor é Vital

Se tudo deu errado,
Levanta tua voz em um canto;
Vai à fé te trás paz e acalanto
Sempre o bem dita e molda o traçado.

Minha porta cerrou hoje o sol não entrou;
Nesse escrito eu misturo razão com loucura.
Colibri já cantou e o meu peito apertou,
Rachadura sem cura produz noite escura.

Quase sempre ao final de uma estrada,
Em lampejos seus sonhos parecem guardados;
Um farol é a visão bem formada,
É clareira dos sonhos montados.

É a força real do destino,
Entregando o fator consciência,
Uma voz entoando um hino,
Relatando alegria ou clemência.

Mas, é absurdo;
Quem mais se complica,
Não fala, nem ouve é surdo.
E esse fato alguém me explica?

Joga sua toalha,
Nunca desistindo,
Serve o pão em tua mesa e espalhas,
Que o amor é vital continua existindo.

Goretti Albuquerque



 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.