Espaço Literário

O Melhor da Web

 


Sua contribuição é muito importante!
Peço que as poesias tenham a autorização e/ou respeite o crédito do autor.

Se algum texto violar essa regra ou se o autor pedir para retirar, este será deletado de nosso banco de dados.
Qualquer abuso favor entrar em contato e comunicar o fato.
Desde já agradeço!
Cláudio Joaquim


Principal >> Mural INCLUIR TEXTO NO MURAL
22/08/2014 22:47:15 :: Cleviton,poesias,acrósticos(literatura,notícias)

Rádio Hinos Clássicos,Antigos,inesquecíveis!


 
http://www.7underground.com.br/index.php

 
09/05/2014 02:37:21 :: CONCEIÇÃO
Libero
 
16/03/2014 00:06:10 :: GORETTI ALBUQUERQUE
      Falem da lágrima e do riso em improviso,
      Escrevam do amor, mas, também da dor.
      Digam do brilho de uma estrela
      Do raiar de um lindo amanhecer.
      Sem contar sílabas versem ao infinito
      Beijem o azul do Céu em um luar bonito.

      Viaja ao lado de um pensante em versos
      Namora o bem de um coração que sonha.
      Vive à beleza sem quebrar o encanto
      Fecha teus olhos instiga o teu canto.
      Sai por aí deslumbrando à plateia
      Teu saltitar inspire amor em pranto.

      Pranto sublime enternecendo à lua
      Encanta e vai voando em pele nua.
      Grita e soluça diz do pensamento
      Sem se importar promove o teu momento.
      Compõe do peito feito espadas em flechas
      Nobres Poetas loucos,em falas perplexas.

            Goretti Albuquerque.
     
 
26/02/2014 17:26:28 :: MARCELO DE OLIVEIRA SOUZA,IWA
X CONCURSO LITERÁRIO POESIAS SEM FRONTEIRAS   
(inscrições de 10 de março 2014 até quando a cota do livro for preenchida)
Realização dos sites www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net ;   
http://marceloescritor2.blogspot.com    e faceboook.com/psfronteiras

Apoio: Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências /RJ;    União Baiana de Escritores;
Academia de Letras de Teófilo Otoni /MG; Clube dos Escritores Piracicaba.


Com o objetivo de estimular poetas de todo o Brasil e de outros países, o concurso
premia os melhores trabalhos, comprovando o sucesso com sua 10a edição.
Em    parceria com o Celeiro dos Escritores, para a publicação da Antologia “POESIAS SEM FRONTEIRAS”,
onde TODAS as poesias participantes do evento estarão publicadas.
Todos os poetas receberão um exemplar da obra,
na residência, sem nenhum ônus além da taxa de inscrição (via correios, registrado).
Os poetas devem enviar uma poesia (máximo 35 linhas ou 1200 caracteres com espaço), tema LIVRE,
através da Ficha de Inscrição do site: http://www.celeirodeescritores.org/inscricao.asp
Taxa de inscrição: R$ 35,00 que corresponde a 01 exemplar da Antologia.
(A ser paga através de boleto bancário, que será enviado ao participante pelo Celeiro.)
É permitido participar com mais poesias, observando: Uma poesia para cada inscrição.
Cada inscrição - taxa de R$ 35,00 que corresponde a 01 exemplar da Antologia.
Fora do país 30,00 dólares/euros.
A Antologia “POESIAS SEM FRONTEIRAS” será publicada no mês de junho 2014.
Obs: Inscrições de outros países serão aceitas desde que estejam na língua oficial do concurso – Língua Portuguesa.
Os autores residentes fora do Brasil, devem enviar o valor da taxa de inscrição, via Western Union,
se tiverem dificuldade entrar em contato com: Marcelo Souza - marceloosouzasom@hotmail.com .
RESULTADO: Junho 2014
No site oficial do concurso: www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net ;
http://marceloescritor2.blogspot.com    ;faceboook.com/psfronteiras
PREMIAÇÃO:
1°lugar: Troféu + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso.
2° lugar: Certificado + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso.
3° lugar: Certificado + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso.
• Menção Honrosa Internacional: Daremos    uma Menção Honrosa Internacional para o melhor autor estrangeiro que não estiver entre os três primeiros lugares, cuja premiação será: certificado + Um Fuleco (mascote da Copa do Mundo de Futebol) + poesia publicada em destaque na Antologia e no site oficial do concurso.

Marcelo de Oliveira Souza
Filiado à União Baiana    dos Escritores; Clube dos Escritores Piracicaba, SP;
Academia de Letras de Teófilo Otoni, MG; Academia de Letras de Artes e Ciências, RJ.
Contatos: marceloosouzasom@hotmail.com e celular 71-92510196

Faça sua inscrição aqui:
: http://www.celeirodeescritores.org/inscricao.asp
 
10/02/2014 12:52:05 :: LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA
O que se mostra
Perde a surpresa,
A própria beleza,
O mito.
Fica exposto,
Até sem gosto
Pelo visto.

O que se esconde
Atrai, sem pejo,
Insano desejo,
Profundo e voraz.
Instiga a procura,
Mas tal loucura
Não satisfaz...
 
27/01/2014 08:56:46 :: DALMO DE FIGUEIREDO ARRAES
No sítio...

Dormimos ótimo sono, até que a luz refulge,
Os pássaros e o galo tocam a alvorada...,
A velha porta de ferro e vidro abre-se,
O dia já nos chama.
Eu acordo...
Por detrás da sebe florida, ninguém vê
Como vivemos aqui;
Mas Deus está conosco,
Ainda que nos mantenha assim...
Os meus olhos vêem a terra
Em que estou no mundo;
É bom ser inocente...,
E estar presente e resistindo a tudo isso...
Sobre o telhado o João-de-barro canta
E os outros pássaros esvoaçam pelas urzes.
Também meu coração alegra e ri.
Por meu amor estar aqui...
                                   

 
24/01/2014 14:48:24 :: ANGELA SANTOS CALDEIRA
Ó Deus amado, hoje vim agradecer
pela a vida que me déste,
por um novo amanhecer
pelo evangelho que me adreste.

Por essa oportunidade
de fazer esses vercinhos,
na Melhores da Web
que tenho muito carinho.

Agradeço imensamente
por toda essa comunidade,
que apareceu derrepente
através da Internet.

Por cada momento, cada instante
que amanso o meu coração,
transcedendo a ira,sendo mais relevante
luto pela a libertação.

Nesse ano, meu Jesus
quero lhe dar de presente,
minha liberdade da cruz
para voar de corpo, e de mente.

Quero te agradecer também
por essa fã maravilhosa,
que me fez um grande bem
no meio de tantas pedras, veio essa bela Rosa.

Mas, há... meu paizinho amado
eu ficarei tão feliz,
quando eu ver do seu lado
eu e meus irmãos(as), como a bibílha diz.

Que não exista sofrimento, só amor
que as pessoas se amem de verdade
que não exista maldade, nem dor,
quero levar todos para a eternidade.

Ó amado, Santissimo pai
Tenha clemencia de nós,
diga agora, doença e ignorancia sai!
a união de todas as religiões diante de vós.

Que as pessoas te vêjam
e saibam que aqui já estas,
assim como te sinto pai, te compreedam
sei que é a tua vontade Faz.
  


 
14/12/2013 09:58:47 :: LORITZ SANVI (POETA)
AOS AMADOS AMIGOS (AS)... UM POUCO DE MIM:

Certo dia uma mulher negra (muito pobre) deu à luz um filho, e logo foram abandonados pelo pai do menino. A tal mulher, como uma boa mãe, não almejava nada para si mesma… Mas como dar ao seu filho abrigo, alimento, educação e uma condição mínima de sobrevivência; uma mulher que era muito jovem, analfabeta e que foi sempre submissa ao ex-marido?!

(…) Pobre mulher! Via-se agora em desespero, mergulhada num mundo impiedoso que sufocava todas as suas vontades. Estava só. Levava como bagagem a dor, o frio, a fome e a maior riqueza que possuía: uma enorme vontade de criar seu filho. Ela foi parceira de uma luta constante. Andou sempre maltrapilha; abdicou, por completo, das vaidades; ignorou os cosméticos, e trocava, com um imenso sorriso, qualquer acessório feminino por algo que provesse as necessidades do seu filho. E naquele universo de constantes infortúnios, as humilhantes e as terríveis discriminações não lhe foram menos cruéis… Mas a dita mãe, quase que por um instinto, não esmoreceu diante das dificuldades, e, com prudência e dedicação acumulou uma tolerância tal que possibilitou dar ao menino abrigo, saúde, alimentação, um pouco de estudo e muito amor, para que ele não sucumbisse às margens sociais.

É… Eu me orgulho por ter tido como mãe essa mulher, que fez através do amor pelo seu filho o seu modo de viver! Talvez o Criador tivesse dado a nós, esse caminho tão difícil, para que o sentindo na pele, pudéssemos compreender a gama de dolorosas angústias alheias, e assim podermos, se não extingui-las, torná-las suportáveis através do respeito, da caridade, do afeto e da sinceridade plena. A minha mãe jamais buscou fortunas, pois, ela entendia que o maior patrimônio possível ao ser humano é a riqueza espiritual.

Hoje ela não está mais, fisicamente, entre nós, mas, através do seu primoroso afeto, suor e determinação, deixou-me essa bela herança: a certeza de que com Deus, empenho, dedicação, respeito e muito amor... Tudo é possível.

Minha mãe sempre me dizia ter dois grandes sonhos: conhecer o mar; e ser poetisa. (…) Ela não pode conhecer o mar, mas, a cada dia, com muita humildade e dedicação, procuro lapidar meus conhecimentos literários, e com todo respeito à crítica e aos leitores, vou tecendo poemas simples… Talvez com a mesma pureza e intensidade de sentimentos, tal como os escreveria a minha amada mãe.

Muito obrigado pela companhia!!!

Deus te ilumine, sempre!!!

Beijinhos e abraços...

Loritz Sanvi
 
14/12/2013 09:57:11 :: LORITZ SANVI (POETA)
 
10/11/2013 20:58:28 :: FLOR SOLITÁRIA-Maria José V.J.
iMAGEM TIRADA DA NET.
A DELICADEZA DA CRIANÇA É REALMENTE IMPRESSIONANTE.
 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.