Espaço Literário

O Melhor da Web

 


Sua contribuição é muito importante!
Peço que as poesias tenham a autorização e/ou respeite o crédito do autor.

Se algum texto violar essa regra ou se o autor pedir para retirar, este será deletado de nosso banco de dados.
Qualquer abuso favor entrar em contato e comunicar o fato.
Desde já agradeço!
Cláudio Joaquim


Principal >> Mural INCLUIR TEXTO NO MURAL
15/07/2010 00:20:24 :: LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA


LONGEVIDADE

Vivo neste mundo à mercê das horas, do tempo.
Busco algo que grita dentro de mim, mas não sei bem o que é.
Alhures, talvez, possa brandir meu estandarte de vigilante
e, como um nômade, desvencilhar-me dessa ansiedade
de querer ser o que não sou, pelo simples fato de não o ser.
O tempo devia desnudar-se das promessas que nos envolvem
para deixar que a vida transcorresse como a água de um rio
e nos conduzisse, silente, ao reduto do cristalino almejar.
Quero sufragar-me a ele, para que ele sufrague a mim.
A cada passo que dou, descortina-se o enigma do que devo perquirir,
porque o efêmero se esvai como todo sonho ao despertar.
Busco o que me aflige e, a um tempo, me impulsiona mais e mais.
A ambiguidade do que se me apresenta, reveste-se de certeza,
por isso me apego nela e me reputo estar certo.
Eis a insólita viagem que me transporta a lugares inconsúteis
e me tece, em sua planificação, a longevidade de um ideal.
Quero porque quero ser o que não sou, porque sempre tenho que ser alguma coisa,
e o que sou, já sou, não se cuida mais dele, o tempo o renega.
Preciso alvitrar a mim, cujo pensamento me estranha, que devo prosseguir.
A vida é um novelo de longuíssimas curvas e assimetrias.
Devo me convencer de que as nuanças da primavera que me acenam,
não são mero ilusionismo de um mundo repleto de promessas e incertezas.
Devo me convencer.
Não posso admitir ser fátua a raiz que me impregnou desde a infância,
ou os estigmas que me ficaram por afrontar o imnprevisível, o incontrolável.
Quero porque quero ser mais do que sou, porque o que sou é como o tempo estagnado, a impressão sem impacto.
Quanto tempo devo existir para ser o que quero ser?
Afinal, cada segundo de existência, vivido em sua plenitude,
sua verdade mais condizente com o deslindar da alma,
não justificaria esse afã,
esse despojar-se no colo do caminho?
Quanto tempo devo viver para concretizar o que não sei como fazê-lo?
E, viver só por viver, é viver?
Mas, nessa longevidade de um ideal, sigo certo de que, possa realizá-lo,
ou não,
não há volta!   
 
14/07/2010 21:37:48 :: Goretti senra



Amigo...

αмίgσ é υмα ρєѕѕσα qυє єѕcυтα;
  αмίgσ é υмα ρєѕѕσα qυє cσмρrєєŋđє;
  αмίgσ é υм cσŋѕєlђєίrσ;
  αмίgσ é υмα ρєѕѕσα qυє єѕтá
  ѕємρrє ασ тєυ lαđσ;
  αмίgσ, υмα ρєѕѕσα qυє ŋãσ
  é muito fácil đєѕcrєνєr;
  Aмίgσ, αρєŋαѕ νσcê .
Goretti senra poetad*amor.
 
13/07/2010 15:42:59 :: POESIA DA BRUNA


Te convido à conhecer a minha poesia: www.poesiadabruna.com
 
11/07/2010 11:51:47 :: KÊNIABASTOS


 
07/07/2010 20:20:39 :: JOKER



NÃO VIVA PARA QUE A SUA PRESENÇA SEJA NOTADA,
MAS PARA QUE A SUA FALTA SEJA SENTIDA...
                                                                                                                     BOB MARLEY
 
07/07/2010 15:59:45 :: ELMIRA NUNES


Os frutos que não vingaram tem o valor de tornar-se adubo que faz a terra fértil para o nascer da nova vida que se anuncia.

 
07/07/2010 14:27:15 :: LOURDES NEVES CÚRCIO


Queridos amigos escritores nascidos ou residentes em Fortaleza-CE: convido a todos para conhecerem minha poesia intitulada FORTALEZA, UM CENÁRIO FASCINANTE!, que compus em homenagem à bela capital cearense.

Um grande abraço a todos!

LOURDES NEVES CÚRCIO
 
07/07/2010 01:48:32 :: JOKER


****************************************

A VERDADE É QUE O CAMINHO ENTRE O PARAÍSO E O INFERNO PODE SER LONGO PARA QUEM VIVE INTENSAMENTE...
MAS PODE SER MUITO MAIS LONGO PARA QUEM INSISTE EM VIVER PELA METADE!
E A VIDA É MUITO CURTA PARA QUE PERMITAMOS QUE ELA SEJA INSIGNIFICANTE!

JOKER
****************************************
 
06/07/2010 17:49:55 :: Davi Possidonio


CORAÇÃO VALENTE

HÁ UM LONGO CAMINHO PELA FRENTE
QUE MUITOS FORTES MUITOS VALENTES
NÃO CONSEGUIRÃO FINALIZAR.
HÁ UMA SAIDA NO FINAL DO TÚNEL
MAIS PREOCUPADOS COM AS DIFICULDADES DO MUNDO.
MUITOS DESISTIRAM DE CHEGAR.

HÁ       GRANDES BATALHAS DURANTE VIDA.
E ACHANDO QUE ERA BATALHAS PEDIDAS
MUITOS GIGANTES NÃO VENCERAM,
MAIS EU NÃO ME ESPELHO NOS QUE TENTARAM,
E NO MEIO DA CAMINHO PARARAM
FRACASSARAM E PERDERAM.

A VIDA CONTINUA
É ISSO QUE ME DA INSENTIVO
E EM QUANTO ESTOU VIVO,
SABEREI QUE AS LUTAS EXISTEM.
DIFICULDADES NÓS SABEMOS,
SEMPRE VAI EXITIR.
MAIS EU SEI QUE       VOU CONSEGUIR,
ME MANTER SEMPRE FIRME.

HÁ ESPINHOS NA MINHA ESTRADA.
DE UMA FORMA OU DE OUTRA,
EU TENHO QUE PROSSEGUIR
A FINAL ONDE HÁ ESPINHOS A ROSAS
MAIS SÓ SENTIRAM SEU PERFUME
AQUELE NÃO DEXISTIR.

HÁ CRITÍCAS DURANTE A MINHA JORNADA
MAIS PALAVRAS JAMAIS PODERÁ ME INLUDIR,
A VIDA SEMPRE SERÁ UMA GRANDE BATALHA
MAIS ESSAS COISAS DA VIDA NUNCA IRA ME OPLIMIR.

ME ACOPANHE AQUELES QUE QUEREM VENCER
E POR MAIS QUE SEJA DIFÍCIL
QUEM É FORTE NUNCA DESISTE.
E SE NO MEIO DO CAMINHO
AS NOSSAS FORÇAS ACABAR
DESCASAREMOS PARA CONTINUAR
COM MAIS ANIMO NO DIA SEGUINTE.

AUTOR:DAVI POSSIDONIO
 
04/07/2010 20:46:16 :: ÉRGIA PENTEADO


TUDO DE NOVO

Quero começar do inicio
Saber que posso ganhar,
Uma mão para me segurar...
Me impedir de cair.

Que me faça voltar,
Como um primeiro encontro,
Que chega e fascina!
Mas antes preciso acreditar,

Que posso voltar,
Quando este poema terminar...
Buscando as rimas
Que meu coração desejar...

Nem ouse em me dizer:
“Agora é tarde”!
Já tem outra em teu lugar,
Pois não vou suportar,

Tenho que meu lugar retomar...
Para te recompensar...
Muitos carinhos lhe dar
Só quero apenas “Recomeçar”!

ÉRGIA PENTEADO
30/06/10 15:30
 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.