Espaço Literário

O Melhor da Web

 


Sua contribuição é muito importante!
Peço que as poesias tenham a autorização e/ou respeite o crédito do autor.

Se algum texto violar essa regra ou se o autor pedir para retirar, este será deletado de nosso banco de dados.
Qualquer abuso favor entrar em contato e comunicar o fato.
Desde já agradeço!
Cláudio Joaquim


Principal >> Mural INCLUIR TEXTO NO MURAL
23/09/2011 02:27:46 :: GEANE MASAGO
Um quadro completo

Um quadro completo

Da tua boca
quero céu.

Do teu toque
o peso.

Da tua pele
o suor.

Do teu reino
a moradia.

Do teu coração
o habitat.

Do teu sonho
o intenso.

Do teu libido
o fogo.

Do teu lábios
o gosto.

De voce
o meu reflexo.

Isso, é tudo
o que mais quero.
Geane Masago
 
22/09/2011 09:53:36 :: Juliana K.
Preciso admitir que não escrevo mais como antes e você é culpado.
Mais eu também tenho uma justificativa pra isso: Eu escrevo melhor quando eu    estou triste. E como será agora que você me faz tão feliz?
 
20/09/2011 17:37:28 :: MARCELO DE OLIVEIRA SOUZA,IWA
      VII CONCURSO LITERÁRIO POESIAS SEM FRONTEIRAS      
                                          (inscrições de 10 de agosto até 20 de dezembro de 2011)

Realização: http://marceloescritor.blig.ig.com.br
Apoio: Academia Cabista de Letras,    Artes e Ciências ; União Brasileira dos Escritores/BA; Revista Artpoesia

Com o objetivo de estimular poetas de todo o Brasil e de países de Língua Portuguesa, o concurso premia os melhores trabalhos, comprovando o sucesso com sua 7ª edição.
Os interessados devem enviar uma única poesia, tema LIVRE (digitada ou datilografada) inédita sob pseudônimo, em duas vias, dentro de um envelope maior. No envelope menor, deverá constar a ficha de inscrição que deverá ser criada pelo autor, com    o nome, endereço completo, idade, profissão, escolaridade, título da poesia, pseudônimo, telefone, e-mail (se tiver), comprovante de depósito de R$ 8,00, em nome de Marcelo de Oliveira Souza, conta poupança BRADESCO : No 5920 digito 0 Agência 3679 digito 0. Não se esquecer de dizer como tomou conhecimento do concurso e se já participou de outras versões.
Obs: Não aceitaremos poesias por e-mail; menores de idade podem participar desde que seja com a autorização dos pais.
Formas de pagamento:
• Em espécie junto à ficha de inscrição (envelope menor)
• Depósito Bancário ou transferência de conta
• Fora do país o equivalente a 5 dólares ou    euros.

RESULTADO: Dia 20 de janeiro de 2012

No site http://marceloescritor.blig.ig.com.br       por e-mail, para quem enviar o endereço eletrônico e por carta para quem não tiver e-mail.

1°lugar: Troféu + certificado    + Livro Cartas ao Presidente Lula + Revista Literária
2o lugar: Certificado + 1 PEN DRIVE 4GB    + Livro Conto & Reconto + Revista Literária
3o lugar: Certificado    + 1 PEN DRIVE    4GB + Revista Literária
4º e 5º Lugares: Certificado    + Revista Literária
Menções Honrosas: Uma    para o autor nacional juvenil, menores de idade; outra para
o    autor internacional;    cuja premiações    serão:    Juvenil Nacional: certificado + Revista literária    ; Internacional: certificado    + Livro Conto & Reconto + Revista Literária
Todos os vencedores do concurso terão seu trabalho publicado no site www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net e na revista Art Poesia
Contatos: marceloosouzasom@hotmail.com e celular 71-81553677          Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?origin=is&uid=7443555686771239313
Enviar carta registrada para:
VII Concurso literário: Poesias sem Fronteiras
A/c escritor Marcelo de Oliveira Souza
Conjunto Edgar Santos Bloco 14/204
Engenho Velho de Brotas    Salvador    Bahia    BRASIL CEP 40240-550
 
20/09/2011 13:48:38 :: JOÃO BOSCO ROLIM ESMERALDO
Divulgo aqui o meu trabalho publicado neste ESPAÇO LITERÁRIO - O MELHOR DA WEB.
Links:
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=5656 e
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_textos_autor.php?cdEscritor=5656
Gostaria de compartilhar com todos este meu trabalho.
AUTOBIOGRAFIA
Cordel #049: TRIBUTO À NAÇÃO CARIRI
Cordel #050: O CRATO É A PRINCESA DO VALE DO CARIRI
Cordel #051: A SILA BATÔNICA
Crônica #079: PRATICANDO A AUTOFAGIA
Crônica #080: UMA OBRA DE RARA BELEZA
Decatosectos Ecossonantes #001: ONDE ENCONTRAR SOLUÇÃO
Decatosectos Ecossonantes #002: E DÁ SEU TROCO CONTRA A CORRUPÇÃO
ELEVO OS MEU OLHOS
GradÍlio #051: PROSSIGO A ESTUDAR, DE SABER CARENTE
Haicai #016: MIGRAÇÃO FORÇADA
Haicais #017: ARARAJUBA EM MIGRAÇÃO
Hebdomos Esmeraldinus #001: EM GRUPOS DE SETE, DISPOSTO
Pentatrilho #001 - ENSINA À CRIANÇA A VERDADE
Pentatrilho #065: LOGRO O FIM QUE ESCOLHI
Philosofix #048: E, NUM ADEUS, TRANSCENDER
Philosofix #049: UMA VIA DE MÃO ÚNICA
Univerbum Esmeraldinus #001: PASSANDO
Univerbum Esmeraldinus #002: PENUMBRA
Univerbum Esmeraldinus #003: DE VIDA SE VISTA E BRILHE!
Univerbum Esmeraldinus #004: A VIDA ASCENDENTE
Univerbum Esmeraldinus #005: PARO, PENSO E CHORO
Univerbum Esmeraldinus #006: SER

 
18/09/2011 22:49:04 :: JOKER


HOJE, DIANTE DAS PALAVRAS, DIANTE DE SEUS OLHOS, EU SINTO VOCÊ... SINTO DOR EM SUAS PALAVRAS, E DOLOROSAMENTE, PROCURO EM MIM, UM SENTIMENTO MELHOR PARA OFERTAR, TALVEZ A RENÚNCIA E NEGAÇÃO, SEJA TUDO QUE POSSA OFERECER, SEJA O MELHOR DE MIM PARA OFERTAR A VOCÊ, DIANTE DAS CIRCUNSTÂNCIAS DE SUA VIDA. DOLOROSAMENTE, SENTI EM MIM, TODO PESAR, EM SABER QUE SENTIMENTOS PODEM FERIR E MAGOAR VOCÊ...
PROCURO LIMITAR AS PALAVRAS, ENQUANTO DOLOROSAMENTE, REFLITO SOBRE ESSE MOMENTO... PARA ONDE SEGUIREMOS? SERÁ QUE ALÉM DAS PALAVRAS, É RESERVADO UM FUTURO PARA NÓS? ACREDITE, EU NÃO TENHO AS RESPOSTAS DIANTE DE TANTAS PERGUNTAS... APENAS RECONHEÇO QUE DOLOROSAMENTE, A CADA DIA, TENTO SER FORTE DIANTE DE SEUS OLHOS, PROCURO MANTER VIVIDO TODOS OS SENTIMENTOS NOBRES QUE ALGUÉM PODE ALIMENTAR... E SEGUIR ACREDITANDO, MESMO DIANTE DAS ADVERSIDADES E OBSTÁCULOS. NUNCA DESEJEI SER APENAS MAIS UM EM MEIO A MULTIDÃO... MAS DURANTE TODA MINHA VIDA, EU PERMANECI ENTRE TANTOS. E MESMO AGORA... AINDA SINTO ASSIM, SINTO TODO UMA IMENSIDÃO DENTRO DE MIM, QUE EXPRESSO NAS PALAVRAS, PROCURANDO RESPOSTAS, PARA PERGUNTAS QUE NÃO OUSO FAZER. SINTO MUITO...
REALMENTE SINTO MUITO, POR VOCÊ... SINTO MUITO POR NÃO PODER SEGURAR EM SUA MÃO, E PEDIR PARA CONFIAR EM MIM. POR NÃO ACREDITAR EM VOCÊ... MAS APRENDI QUE NÃO POSSO CONFIAR EM NINGUÉM, APRENDI QUE EU SEMPRE VOU SEGUIR SOZINHO... HÁ ALGUM TEMPO, ESPERAVA POR RESPOSTAS... HOJE, NÃO TENHO TEMPO PARA TANTO, ESPERAVA PELO AMOR, MAS DESCOBRI QUE ESSE SENTIMENTO PARA MIM, É APENAS UM SONHO DISTANTE, TALVEZ POR ESSA RAZÃO, NÃO QUERO DORMIR... POR QUE DORMIR? QUANDO TENHO POUCO TEMPO PARA APRECIAR A VIDA? POR QUE VIVER, QUANDO TUDO PELO QUAL QUEREMOS E PODEMOS VIVER, SEMPRE É DIFICIL E COMPLICADO? EU NÃO QUERO NADA MAIS... NÃO QUERO SOFRER, NÃO QUERO CHORAR... NÃO QUERO LAMENTAR, OUVINDO CANÇÕES, ESCREVENDO SOBRE SENTIMENTOS, EXPRESSANDO EMOÇOES, QUE PERMITE QUE EU SEJA E SINTA DIFERENTE...
EU NÃO QUERO MAIS, ADORMECER E SONHAR. NÃO QUERO MAIS ACORDAR, E ESPERAR QUE O DIA TERMINE, E QUANDO TERMINA, VOCÊ ESTÁ SOZINHO... COMPLETAMENTE SOZINHO EM MEIO A MULTIDÃO. EU SOU UM ROSTO... E NÃO SOU NINGUÉM. NÃO QUERO QUE FIQUE, NÃO QUERO QUE ESCOLHA... NÃO QUERO QUE SINTA NADA, QUERO APENAS QUE VIVA, SEJA FELIZ, QUE TUDO QUE TENHA SENTIDO NAS PALAVRAS, POSSA SER ESQUECIDO, ASSIM COMO UM SONHO BOM, UMA ASPIRAÇÃO, UM DESEJO, QUE POSSA SER REALIZADO EM UM FUTURO PRESENTE. EU NÃO QUERO MAIS LAMENTAR, IMPLORAR, SOFRER... NÃO QUERO, E NÃO POSSO! NÃO QUERO ACORDAR ACREDITANDO QUE FOI APENAS UM SONHO... E DESCOBRIR ESTAR SOZINHO, DESCOBRIR QUE FOI APENAS MAIS UMA ILUSÃO, UMA FANTASIA. DE TODAS AS MINHAS MÁSCARAS, A MAIS EFICIENTE, É PARECER MAIS FORTE DO QUE SOU, É PARECER NÃO IMPORTAR... É PARECER NÃO TER UM CORAÇÃO, MAS EU TENHO, FRAGMENTADO AO LONGO DOS ANOS. E SOFRER, PARA MIM, NÃO É UMA ESCOLHA... É UM DESTINO. E MEREÇO...
POR QUE ACREDITO, QUE APENAS SOFRENDO, APRENDEREI QUE SEMPRE VOU ESTAR SOZINHO. SEJA DIANTE DE VOCÊ... SEJA DIANTE DE QUEM QUER QUE SEJA, A CADA ESTAÇÃO, RENASÇO, TENTANDO SER MELHOR DO QUE REALMENTE SOU. HOJE DIANTE DE MINHAS PALAVRAS, E DIANTE DE SEUS OLHOS, EU SINTO VOCÊ... E NÃO SINTO MAIS NADA, ALÉM DA DOR, QUE INSISTE EM DOR NO MAIS PROFUNDO RECANTO DA ALMA E CORAÇÃO. MAS NÃO QUERO QUE SEJA DOLOROSO PARA VOCÊ... QUERO QUE SEJA FORTE, SEJA AQUELA POR QUEM MEU CORAÇÃO AINDA INSISTE EM SONHAR, EMBORA O SONHO, TODOS OS SONHOS, SEJAM APENAS UMA    LINHA DISTANTE NO HORIZONTE. EU VOU SEGUIR EM FRENTE, VOCÊ SEGUIRÁ SEU CAMINHO, BUSCANDO ALCANÇAR SEUS OBJETIVOS. TALVEZ SEJA MELHOR ASSIM, TALVEZ NÃO SEJA, MAS NÃO IREMOS DESCOBRIR... POR QUE NOSSOS CAMINHOS, E NOSSAS ESCOLHAS, CONDUZIRÃO EM DIREÇÕES OPOSTAS. NÃO HÁ NADA MAIS...
HOJE, UM POUCO MAIS DOLOROSAMENTE, EU DESFAÇO DA MÁSCARA, ESPALHO DIANTE DE MIM, AS PALAVRAS, PODERÃO PERPETUAR OU ETERNIZAR OS SENTIMENTOS, MAS NADA MAIS EXISTIRÁ, ALÉM DE UMA IMENSIDÃO ENTRE NOSSOS MUNDOS. EU VOU SEGUIR EM FRENTE, VOCÊ SEGUIRÁ SEU CAMINHO...
UM POUCO MAIS DOLOROSO, SERÁ ACORDAR, E SABER, QUE EXISTIRÁ UM SILENCIO, UMA DISTÂNCIA, TODA UMA IMENSIDÃO E UM INFINITO, UM VAZIO... QUE O TEMPO NÃO IRÁ CURAR, QUE NÃO PODERÁ SER RESGATADO, QUE SERÁ APENAS PERGUNTAS PARA AS QUAIS CERTAMENTE, NÃO TEREMOS RESPOSTAS... EU VOU SEGUIR, LEVANDO MEU CORAÇÃO, DEIXANDO SEU CORAÇÃO. EU SEREI UM ROSTO NA MULTIDÃO... E VOCÊ, SEMPRE SERÁ AQUELE OLHAR, PELO QUAL MEUS OLHOS IRÃO PROCURAR, MAS QUE NÃO IRA ENCONTRAR. VOCÊ SERÁ A VOZ QUE ECOA... A MELODIA QUE EMOCIONA... E A DOR QUE NÃO PASSA, MAS UMA SAUDOSA LEMBRANÇA, DO QUE FOI E DE TUDO QUE NÃO PODE SER. DO QUE É E DE TUDO QUE SEMPRE SERÁ...
UM POUCO MAIS DOLOROSO, SERÁ AMANHÃ... E SERÁ PARA SEMPRE, MESMO QUE PARA SEMPRE, DURE APENAS E SOMENTE PELO TEMPO QUE PERMITIMOS QUE SEJA POSSÍVEL. TUDO SERÁ SEMPRE O MESMO... MAS EU NÃO SEREI O MESMO O TEMPO TODO.

(( ALEXANDRE ))
                                             ********





















"[...] MESMO QUE ALGUEM TE AMASSE COM TODAS AS FORÇAS DE SUA ALMA POR UMA VIDA INTEIRA, AINDA ASSIM NÃO TE AMARIA TANTO QUANTO EU TE AMO NUM ÚNICO DIA.”

            (EMILY BRONTE - EM 'O MORRO DOS VENTOS UIVANTES')



NADA MAIS EM MIM...
QUANDO TUDO TERMINA, QUEREMOS VOLTAR AO COMEÇO. OLHO ALÉM DA JANELA, EM MIM, UM TODO VAZIO, UM SOFRIMENTO, E TODA ESSA DOR, ANGUSTIA SENTIDA, SENTIMENTOS QUE PERECEM TODO DIA. ACORDEI DO SONHO, DESCOBRINDO QUE TUDO IRÁ TERMNINAR EM BREVE, E SABE DO QUE REALMENTE SINTO FALTA, SINTO FALTA DO QUE ERA JUNTO DE VOCÊ, DE TUDO QUE FOI SONHADO E NÃO FOI CUMPRIDO, REALIZADO, FOI APENAS ASPIRAÇÃO. QUEM EU SOU... NÃO IMPORTA, MAS AS PALAVRAS, CERTAMENTE SERÃO MEU LEGADO, CONFISSÕES E DESEJOS... FRAGMENTOS DO QUE REALMENTE SOU, POR QUE ALÉM DAS PALAVRAS, EXISTE ALGO MAIOR EM MIM, QUE A CADA DIA, É APAGADO...
SIM, NÃO EXISTE MAIS A CHAMA EM MEU OLHAR, AQUELE BRILHO, REFLEXO DE SONHOS, DE DESEJOS, QUE PARA VOCÊ, SEJA APENAS UTOPIA... E NA DESESPERANÇA, DIANTE DA CERTEZA DO FIM, LEMBREI DO COMEÇO, DAS NOITES MAL DORMIDAS, TENTANDO ESTAR PROXIMO DE VOCÊ, E QUANDO PERTO DE VOCÊ, EU PODIA SER UM MELHOR DE MIM, PODIA SER UM ALGUÉM, E NÃO APENAS MAIS UM ROSTO NA MULTIDÃO. ABRI MEU CORAÇÃO, PERMITI QUE ESTIVESSE BEM MAIS PRÓXIMA, OUSEI SENTIR VOCÊ EM MIM... E ASSIM, A CADA DIA, EM CADA NOITE MAL DORMIDA, EU SONHAVA VOCÊ... SONHAVA COM VOCÊ, SONHAVA NÃO SER APENAS MAIS UM EM SUA VIDA, SONHAVA SER AQUELE POR QUEM SEU CORAÇAO, OUSARIA VIVER CADA SEGUNDO, OUSARIA SER O QU ENUNCA PUDERA SER.
EM MINHAS NOITES MAL DORMIDAS, EXPRESSAVA MEUS SENTIMENTOS, SONHAVA VOCÊ... MURMURANDO AO VENTO, DESEJANDO ENCONTRAR VOCÊ, MAS NÃO HAVIA VOCÊ, NUNCA HOUVE, FOI APENAS UM SONHO... DO QUAL ACORDEI, PARA A REALIDADE TENEBROSA E PERPETUA, DO FIM. DIANTE DO FIM, EU VEJO O COMEÇO... VEJO ALEM DE SEUS OLHOS, VEJO SEU CORAÇÃO, VEJO A “MENINA”, VEJO A MULHER... VEJO EM VOCÊ, O QUE NÃO DESEJEI VER EM NINGUÉM, QUIS COM VOCÊ, TUDO QUE NÃO PODERIA VIVER COM NINGUÉM, MAIS DO QUE DESEJO, PAIXÃO, EU VIVERIA AMANDO VOCÊ... NÃO PELO FIM DE SUA VIDA, MAS ATÉ O FIM DA MINHA, E AGORA, DIANTE DO FIM, EU VEJO O COMEÇO. OUÇO A MUSICA, LONGE DE MIM, ENTRE AS MONTANHAS, EMBALANDO CADA MOMENTO, SEGUNDOS PRIMOROSOS, EM QUE VIVERIA NOVAMENTE, APENAS PARA SENTIR VOCE, SORRINDO... UM SORRISO INIGUALAVEL, QUE NÃO PODERIA VER, POR QUE MEUS OLHOS, SEMPRE ESTIVERAM MERGULHADOS NA ESCURIDÃO. MAS VOCÊ BRILHAVA DIANTE DE MIM... INCANDESCENTE, ARDENTE, ILUMINADA... GUIANDO MEUS PASSOS, CONDUZINDO MEU CORAÇÃO, ALÉM DA VIDA, GUIANDO MEUS PASSOS, POR LONGOS CAMINHOS, POR ONDE NÃO SEGUIRIA SOZINHO. POR VOCÊ, CHOREI... CONFESSO, CHOREI POR QUE NESSE MOMENTO, VOCÊ ERA TUDO QUE TINHA, EMBORA NÃO TIVESSE... EU TINHA VOCÊ DO MEU JEITO, CADA VEZ MAIS PRÓXIMA, CADA VEZ MAIS PERTO, EM MIM. E DESCOBRI QUE AMAR, NAÕ ERA APENAS TER VOCÊ, ERA SABER QUE FOSSE QUALQUER O DESTINO, QUERIA SENTIR VOCÊ FELIZ... FELIZ, COMO FUI, DIANTE DE SEUS OLHOS, DIANTE DE SEU CORAÇÃO, PELO QUAL SINTO RESPONSÁVEL, EMBORA NÃO HAJA TEMPO PARA CUIDAR DE VOCÊ, COMO ANSIEI... E NESSA ÂNSIA, EU AINDA VOU CHORAR, MAS SÃO LÁGRIMAS, QUE NINGUÉM PODERÁ VER, LÁGRIMAS QUE ESTÃO ALÉM DOS OLHOS.
EM MINHAS NOITES MAL DORMIDAS, EU SONHEI... SONHOS, PARA VOCÊ. E DIANTE DO FIM, EU PENSO NO COMEÇO, NAQUELE EXATO MOMENTO, EM QUE DESCOBRI QUE VOCÊ, ERA MAIS IMPORTANTE PARA MIM, DO QUE AS PALAVRAS, OUSARIAM EXPRESSAR, E NESSE MOMENTO SENTI QUE TODO AMOR, PODE SER VIVIDO E SENTIDO. EM MINHAS NOITES MAL DORMIDAS, EU AINDA VOU SONHAR... E QUANDO O FIM CHEGAR, QUANDO ESTIVER DIANTE DA ETERNIDADE, QUERO APENAS LEMBRAR, DO SORRISO... QUE IMAGINO, EM TODOS MEUS SONHOS, QUE SONHO EM CADA PENSAMENTO, EU VOU PARTIR, MAS NÃO PARA LONGE QUE NÃO POSSA ESTAR PERTO, MAS NÃO PARA LONGE QUE NÃO POSSA VIVER JUNTO DE VOCÊ. DIANTE DO FIM, EU PENSO NO COMEÇO...


NASCIDO EM: 01/01/1906
FALECIDO EM: 05/09/2011

EPITÁFIO:

            POR TRÁS DESTA MÁSCARA HÁ MAIS DO QUE CARNE E SANGUE; POR TRÁS DESTA MÁSCARA HÁ UMA IDÉIA, E AS IDÉIAS SÃO À PROVA DE BALA.
 
15/09/2011 06:38:19 :: PEDRO MAIA E CUNHA
Terreiro conectado

ruei ruei ruei
até ser rei da rua cheia

rua nova não se faz
pois quando pisa míngua o chão

ruas ruam rumo ruminado
pelo tempo
pelo passo
passo
tempo

ruar como o da noite não há:
acontece uma língua
e somos toda a saliva

asfaltos de carne
dentes sem meio fio
esticada tripa dura
virando intestino na Br mundo


P.M.C
 
14/09/2011 22:29:01 :: Thay


Feliz aniversário

ɷ("ړ)ɷ
Parabéns!
Um novo ano, mais um aniversário.
Um novo ano para a renovação de sua alma e de,
Seu espírito...
Fazer aniversário no mês de setembro é uma
dádiva, pois este mês entra á estação das flores, o final de todo frio e o sinal de que
o tempo cinza já passou...
A primavera esta chegando!
Daqui pra frente só perfume, só alegria e muita
cor em sua vida!
Hoje eu queria dizer muitas coisas...
Contar os aniversários é juntar toda sabedoria
adquirida...
Que você consiga encontrar dentro de ti, muita
paz e serenidade, porque só assim você conseguira encontrar a felicidade
verdadeira!
Que você tenha a plena certeza de que tudo
tenha valido a pena em sua vida, não pelo que tu já fizeste, mas por aquilo que
você ainda pode fazer!
Feliz aniversário!
É o que eu desejo a você, que faz aniversário
no mês de setembro!
De sua amiga...
Thay B. (Tarlene Brito)
 
12/09/2011 13:54:00 :: WALTER CARVALHO
Para Minha Professora...

Hoje olhando para o mundo que deixei para trás, sinto que ainda mantenho a lembrança de você dentro de mim. Talvez você não me reconheça mais, e isso me toca muito, mais do que eu possa imaginar. Você fez do meu mundo dias inesquecíveis, estava sempre lá para me fazer sorrir, me ajudando quando eu tropeçava. Os melhores momentos foram aqueles que passei ao teu lado,    dentro da sala de aula e no caminho    da escola, em meus pensamentos, eu daria tudo que possuo, só para tê-los de volta. Você nunca disse muito em que seguir, mas ainda assim você mostrou vários caminhos a serem seguidos, e eu os seguir, mas o que levava até você, eu não encontrei, está perdido e muito longe de ser encontrado. Hoje você é apenas um sonho a desaparecer, você foi um amor que não floresceu, pois o nosso coração nunca jogou em sintonia, eu só tinha 13 anos, mas você já era a melodia linda que eu mais gostava de ouvir. Mas a história que poderia ser perfeita terminou no início, tudo se perdeu, mas eu sinto a sua falta, ficou uma fenda em minha alma após a sua última aula.
Você nunca soube, mas eu te dei o meu coração, foi um presente involuntário, que te dei sem nem perceber, nem sabia ao certo se o querias, Saiba que com um simples piscar de olhos, você me fez sonhar, e os seus sorrisos me seguravam através dos dias, e marcaram a minha vida, me enchiam de esperanças e de alegrias. Fui crescendo e em muitas noites chorei, porque os meus sonhos estavam ficando para trás, pois estava me perdendo dentro da sua história.
Sentia que estava caindo, e que você não estaria mais por perto para segurar a minha mão, e interromper a minha queda, pois estavam te roubando dos meus sonhos. Cresci e fiquei adulto, mas você já tinha feito uma vida fora de mim, não consegui ver o amanhã, e ninguém disse uma palavra sobre a tristeza que eu iria sentir, quando soubesse que alguém a tirou dos meus sonhos; E você se foi... Sofri e odiei pensar que alguém poderia te amar mais do que eu, a ponto de te arrancar das minhas entranhas sem dar-me nenhuma explicação.
O tempo passou e você não vai voltar, para rever o menino sonhador, que jurou jamais esquecer este precioso amor, que nunca foi dele, mas é uma parte de mim que não posso deixar jamais partir, vou pensar em você em cada passo pelo caminho.
Talvez venha desprezar-me pela minha fraqueza de não fazê-la ciente desse sentimento. Gostaria que soubesse que continuo a vê-la em meus sonhos, que eu a amo e que só um verdadeiro amor pode manter essa beleza inocente, porque o amor é como um caminho errado numa noite escura, e que mesmo sabendo que podemos nos perder e ferir é preciso experimentá-lo. Mesmo sem sabermos qual o caminho de volta, ou o ingrediente da cura. O amor é como os últimos suspiros têm que aproveitá-lo ao máximo.
Sei que sou abençoado por esse amor, e conforme ele cresceu em meu peito, ele me deu força e aqueceu a minha vida. E se um homem pudesse estar em dois lugares ao mesmo tempo, eu teria ficado ao seu lado todo o seu caminho. Neste momento você vagueia longe de mim e eu não imagino onde você está o que você faz, será que você está em algum lugar se sentindo só, ou    alguém está te amando? Se isso tudo é certo ou errado, ou se este é o amor sem nome, eu não sei, Só sei que não há ninguém para culpar, nem nunca houve nenhuma mentira.
Faz muito tempo que não a vejo, mas reconstruo a sua imagem em meu coração todos os dias, e nesse momento de lembranças que ficaram para trás, posso afirmar que podemos correr do amor, mas se for mesmo amor ele te encontrará, não haverá distância entre um homem e uma mulher. Talvez a nossa próxima vez seja nunca, ou se serei forte o suficiente para um dia vê-la passar por mim, eu não sei, sei apenas que se um dia esse amor vir a morrer em mim, mesmo assim eu terei a certeza de que amei um anjo. E quando os meus dias tiverem acabado e eu não conseguir mais voar nos meus sonhos sei que virá pegar a minha mão e me fará voar novamente quando eu estiver dormindo. E não importa quanto tempo passe ou o que possa acontecer você será a minha linda e inesquecível professora. Ainda tenho a esperança de reencontrá-la, pois tenho vontade de saber o que eu poderia ter feito para ganhar seu coração, porque eu ainda não tenho nenhuma idéia, e se um dia isso vir acontecer, antes de explicar deixe-me começar dizendo, eu te amo.

Walter Carvalho
 
09/09/2011 18:24:18 :: MARGARETH D. S. LEITE
ADEUS

Vez por outra ela campea...
No tempo uma lacuna aberta
Transpassa o vazio permea
Nas entranhas ela penetra...

Turba a alma em sulco cravado
Fazendo escorrer, em pranto a saudade...
Em lembranças como relho entranhado
Dói em momentos mesmo em felicidade

Quando em instante hilariante
Vez por outra não obstante
Em lampejos, alvoroça a alma ressente...

Assim a saudade de quem esvoaça...
Rasga o coração, como alucinante...
N’alma vez por outra destroça...


 
08/09/2011 22:34:26 :: MARGARETH D. S. LEITE
CREPÚSCULO

Sinto ciúme dos montes lá tão longe
Quando aurora desponta e beija o solo
Em seus primeiros raios quando tange
Ainda fraco aquecendo o meu colo

Na ternura do dia que amanhece
Quando a relva viçosa ainda molhada
A natureza despertando que me aquece
No pastar do gado tranqüilo, a malhada...

O sol caminha lentamente vigoroso...
Minhas lágrimas secando com a brisa
São recordações de um tempo amoroso

Que o sol leva junto para o ocaso...
Nossas lembranças o crepúsculo alisa
Ao contemplar um espetáculo glorioso.
 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.