Espaço Literário

O Melhor da Web

 


Sua contribuição é muito importante!
Peço que as poesias tenham a autorização e/ou respeite o crédito do autor.

Se algum texto violar essa regra ou se o autor pedir para retirar, este será deletado de nosso banco de dados.
Qualquer abuso favor entrar em contato e comunicar o fato.
Desde já agradeço!
Cláudio Joaquim


Principal >> Mural INCLUIR TEXTO NO MURAL
24/03/2012 17:31:39 :: ELMIRA NUNES


A FACE
Deveria ser por esta face
que se pudesse ler o que escrevo
nas páginas amareladas do tempo.
Mas de quem é o rosto que mostro?
Um rosto que já não parece meu.
Eu não sou este rosto que vêem,
ou a face que pouco se mostra.
Onde está a face da harmonia?
Onde ficou o corpo a exalar
o cheiro brejeiro do contentamento?
Quantos enganos uma face provoca!
Às vezes breves enganos desfeitos,
Às vezes marcas profundas e frias.
E o espelho fraudulento me devolve
uma imagem que não é a minha.

 
23/03/2012 14:23:23 :: ELMIRA NUNES


PALAVRAS
Se atrás das letras me escondo,
os atos me traem e confundem.
Preciso da muralha a me proteger
da escuridão do pensamento insano.
Palavra insistente e mórbida martelando na noite,
construindo o fúnebre invólucro de sonhos mortos.
Preciso das palavras na silenciosa escuta
Poderosas palavras do Grande Salvador.
Palavras doces, carinhosas no falar de dor.
Palavras firmes, instigantes devolvendo a luz.


 
20/03/2012 20:16:18 :: JOAQUIM GOMES ALVES



Titulo; LAGRIMAS E CHUVA

Saio para a rua pensativo
Tentando compreender
Por que tanta coisa acontece
E porque perdi você.
Será que foi culpa minha?
Sinceramente não sei dizer.

Recordo-me os dias felizes
Quando você chegava
Trazendo no rosto um sorriso
E com carinho me beijava.

O brilho daquela estrela
Me lembra o teu olhar,
Então perguntei para a lua
Por onde você andará.

A lua calou-se
Ao ver meu pranto caindo
O céu se escureceu
E os raios foram surgindo.

Os pingos de chuva que cai
Se misturam ao meu pranto,
Então pude entender
Que o céu chorou por mim
Ao ver-me chorar por você.

Joaquim Gomes Alves
 
15/03/2012 13:53:36 :: GLÓRIA SALLES


“Com o tempo...”


Com o tempo, o olhar perdeu o embaraço
O sorriso sóbrio já não cogita perplexidade
Esqueceu o período que andou sem lógica
E as tantas vezes que sonhou, debalde
.
Com o tempo, rompeu-se a imaginaria linha
Que eternizava e garantia o presente denso
O conhecimento teceu fios numa trama forte
Miraculosa coesão, num sentimento intenso
.
Com o tempo, o que era sem nexo, conciliou
O enredo da inspiração granjeou coerência
A poesia irrigou, povoando o deserto do texto
De grisalho enfeitou a cabeleira da vivencia
.
Glória Salles
 
14/03/2012 23:24:54 :: Thay


Encaixando Sentimentos

Eu encaixo em você
Meu corpo
Minha alma...

Você encaixa em mim,
Sua vontade de sorrir
Seu desejo de amar...

Montando um quebra cabeças
Vamos formando as figuras,
Um amor, uma cabana...

Corações a mil,
Entre um encaixe e outro,
Alimentamos nosso amor...
Encaixando e encaixando,
Somos nós, nos amando...

E no encaixe da vida você é a peça que faltava,
Para concretizar a paisagem da minha vida...
Encaixados no amor,
Encaixando    sentimentos,
E terminamos nosso quebra cabeças com amor e beleza !


Fim
Thay B.(Tarlene Brito)
 
09/03/2012 22:16:26 :: GLÓRIA SALLES



“Equilíbrio...”
.
No compasso dos sonhos meu coração caminha
Contudo o concreto é que doutrina meu mundo
A realidade austera refina a acepção da alma
Filtrando em frases emudecidas, meus sentidos...
.
A voracidade dos passos rompe, alarga fronteiras
Intensificando as chances para saltos e arroubos
Entretanto os pés fincados num tempo sagrado
Decepam o afã que germina no coração avarandado...
.
Simulo avanço, ainda que seja indelével a tortura.
Burlar o tempo ensaiando este desdém no olhar
Apostando dar substancia a inspiração que tenho
De dar à poesia e a vida, o som do acalanto...
.
Para viver o equilíbrio sou suficientemente intensa
Propiciando fina suavidade as letras dos meus versos
Se quiser, removo as ataduras desse sentir truncado
E exonero a peneira do tempo que passa lento...

Glória Salles
Flórida Paulista
 
09/03/2012 21:41:34 :: MARCELO MARTINS DE FREITAS
visitem meu blog
http://poesiademarcelo.blogspot.com
 
08/03/2012 02:36:55 :: ROSANE DE ALMEIDA SANTOS
Abaixo-Assinado Pela Criação da Delegacia de Proteção Animal do Estado de Minas Gerais!

SALVEM NOSSOS ANIMAIS DANDO SUA ASSINATURA!
oBRIGADA E MUITOS ABRAÇOS A TODOS!

DEFESANIMALMGAL.BLOGSTOP.COM.BR
 
08/03/2012 02:26:01 :: ROSANE DE ALMEIDA SANTOS
 
07/03/2012 23:34:37 :: Thay


Entre sonhos



Toda manhã...
Ao despertar me deparo ainda em sonhos,
De um personagem perfeito
Com uma vida cheia de encantos
Tudo é gostoso e verdadeiro,
O café da manhã trazido ao leito
Com pão de queijo e café com leite...
O cheiro da manhã de verão, misturado as noites estreladas do inverno,
Tudo em uma só estação...
Nem primavera, nem outono...
Apenas verão e inverno.
As flores alegram o ano inteiro,
Sem se abalar com os ventos!
Acabar o café entre beijos e desejos...
Nos lençóis o som do realejo a contar um segredo...
De que te amo muito e vou gritar ao mundo...
Que não tenho medo, de me entregar por inteiro!

Thay B.(Tarlene Brito)
 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.