Espaço Literário

O Melhor da Web

 


Sua contribuição é muito importante!
Peço que as poesias tenham a autorização e/ou respeite o crédito do autor.

Se algum texto violar essa regra ou se o autor pedir para retirar, este será deletado de nosso banco de dados.
Qualquer abuso favor entrar em contato e comunicar o fato.
Desde já agradeço!
Cláudio Joaquim


Principal >> Mural INCLUIR TEXTO NO MURAL
26/03/2009 22:47:17 :: DENILSON ALAYON DOS SANTOS


      Meu nome é Denilson Alayon dos Santos e nasci no dia 10 de junho de 1973. Os fatos narrados a seguir são verdadeiros e contam o que Deus fez em minha vida. Uma história de livramentos, de lutas, de arrependimento, de fé, de libertação e de esperança.
      Eu sou um testemunho fiel e um milagre do poder de Deus, pois quando o Senhor tem uma promessa, Ele cumpre no momento exato, pois não é homem para que minta. Se hoje eu respiro e vivo é pela grandiosa misericórdia de Deus.
      O meu nascimento já foi meio complicado, pois nasci prematuro de sete meses e fiquei na incubadora lutando pela vida, fiquei internado dezenove dias, mas acabei ganhando força do céu e me recuperei. Minha infância foi tranqüila como de uma criança normal, apesar dos tombos de bicicleta e um grande susto em uma queda de skate, no qual bati a cabeça no chão e fiquei desacordado por alguns minutos, fiquei com uma forte dor de cabeça e na região da nuca, não tive a noção que corri um grande risco de traumatismo craniano. Não fui ao médico, fiquei em casa dormindo o dia todo, depois a dor passou.
      E o tempo não parou, no fim de minha adolescência    ocorreu algo inusitado,    uma forte convicção nasceu dentro de mim, como se fosse uma voz que dizia: “Você vai morrer com trinta e três anos”. Naquela época não entendia o que significava, só sentia um temor e achava que algo de ruim iria acontecer comigo.
      Apesar de minha mãe ser evangélica, naquele período da minha vida eu tinha um pensamento vago sobre Deus, não sabia e não tinha certeza quem era Deus e pela falta de conhecimento, comecei a viver da minha maneira imaginando que tudo estava certo. A partir daquele momento comecei a andar por um caminho largo, achando que tudo era permitido e fui dando espaço para o diabo entrar em minha vida.


                                                                    
                                                                        AS    DROGAS

      Quando estava nesta fase começou uma grande guerra em meu lar. Comecei a beber socialmente e a gostar da bebida, isso se tornou sério, pois cheguei a ser muito bruto e violento com minha família por causa do álcool .
         Da bebida foi um passo para as drogas, influenciado pela minha mente fraca e pelas amizades da época, comecei a cheirar benzina, lança perfume e cola de sapateiro (uma coisa nojenta que embrulha o estomago). Mesmo assim achava o maior barato e ficava alucinado.
         Já estava no caminho da perdição e completamente cegado pelo deus deste século que opera nos filhos da desobediência, seu nome é satanás. Comecei a dar meus primeiros tragos no cigarro (a chupeta do capeta), com o passar do tempo já estava fumando de um a dois maços de cigarros por dia. E quando não tinha condições de arrumar dinheiro para comprar cigarros, andava pela rua recolhendo do chão os restos de cigarro para fumar. Que situação desagradável que vivia, o diabo me envergonhava e me destruía aos poucos, mas isso não era nada ao que estava porvir.
         Certo dia ela me foi apresentada numa balada, dei um tapinha e me apaixonei. A famosa maconha chegou para ficar, fiquei preso a mais um vício, já não bastasse os inalantes, a bebida e o cigarro. Será que tinha esperança para minha vida, o que eu sentia era um vazio existencial enorme, e o consumo destas desgraças da natureza humana era uma forma de fugir do vazio que me condenava.
         Será que minha vida podia ficar pior do que já estava. Brigas, discussões, laços de morte me cercavam e o inferno fazia a festa, esperava mais uma alma perdida para ser atormentada pela eternidade.
         A força do mal é dominante para quem não confia em Deus, e mais uma vez fui pego na astuta armadilha do diabo, mais uma oferenda foi colocada no prato, a branca pura, a cocaína, veio para dar prazer ao meu corpo, um prazer mortal que mata de overdose se passar do excesso. E imaginar que em pleno horário de trabalho como repositor no supermercado estava na nóia. Quando chegava o dia de pagamento preferia a sexta, que já era para virar a noite na alucinação. Bebida e cocaína, uma mistura mortal, onde o diabo prefere ver a destruição aos poucos, pois a família morre junto. Várias baladas e muito drinque nos barzinhos da condenação.
         Um dia estava vendo um rapaz com uma lata de refrigerante na mão, meio amassada e com furos, não entendi nada, pois ele acendia o isqueiro na lata e tragava uma fumaça. Fiquei curioso e perguntei o que era aquilo, ele me apresentou a mais devastadora droga do pedaço, foi quando o crack começou a ser produzido para destruir os neurônios e a dignidade dos seres humanos. Quando um viciado acostuma com uma droga, ele quer provar uma mais forte, e comigo não foi diferente, comecei a fumar crack. Minha vida era um inferno na terra, sem paz, sem sonho, sem esperança e sem Deus.
        
           
        
                                                                           OS    LIVRAMENTOS

      Vivia em um lamaçal de pecado, mas o Deus Vivo estava de olho em mim, pois sua misericórdia cobria os meus dias.
      De vários laços de morte o Senhor me livrou, pois quando exagerava nas doses, ficava tão atormentado que queria tirar minha própria vida. Passava as madrugadas na rua, pelos bares e pontos de venda de drogas. Enquanto isso minha mãe passava a noite ajoelhada pedindo para que Deus me guardasse.
         Por que será que a morte me rondava numa fúria devastadora, um espírito suicida as vezes me pegava e abria a sepultura para me jogar lá dentro. Armações e ciladas dos demônios que se iravam contra minha vida.
         Não tinha domínio de mim mesmo quando estava dopado, uma vez meu corpo foi jogado na frente dos carros na avenida e eles frearam bruscamente em cima de mim. Vivia em tormentos, uma noite cheguei bêbado em casa, comecei uma discussão impetuosa com meu pai, e ele num acesso de fúria pegou uma faca e veio em minha direção, uma oração em cânticos de línguas estranhas subiu aos céus, minha mãe orava com grande poder e como num milagre aquela faca foi arrancada das mãos do meu pai a poucos milímetros de atingir meu coração, a faca caiu sobre a mesa que estava atrás dele e cortou a plantinha que estava num vaso na mesa. A planta chorou no lugar da minha mãe. Essa é a obra do diabo, matar, roubar e destruir. Pena que naquela época eu não sabia disso.
         Por duas vezes, tentei me matar com faca e aconteceu a mesma coisa, só fiquei com um risco superficial da facada na barriga, pois minha mãe estava lá orando a Deus para me proteger e o milagre aconteceu.
         E o livramento que Deus operou quando tive uma arma de fogo apontada na minha direção, na minha face. Minha vida por um dedo no gatilho que falhou na hora do tiro. E tive outras ciladas que não deram certo, pois Deus cortava o laço do passarinheiro. Quem era esse Deus desconhecido, que fazia milagres para livrar minha alma do inferno, não tinha a mínima idéia.
     

                                                                             
                                                                                 A    OBRA

         Deus sempre usava um servo para falar que tinha obra em minha vida. E Deus com sua imensa misericórdia trabalhava em meu favor.
         Conheci minha esposa em uma empresa que trabalhei temporário, fizemos amizade e começamos um relacionamento de namoro. Por essa ocasião conheci o pai dela e servo de Deus José Portilho no qual era pastor de uma igreja pentecostal.
         Minha esposa acabou engravidando e resolvemos morar juntos. Ela contemplou um pouco da minha fase destrutiva, pois estava viciado em drogas.
         Todas as vezes que ia visitar meu sogro, por ele ser pastor e ter uma doutrina a zelar da Palavra de Deus, achava que ele iria me colocar na parede e impor para que casasse com sua filha na marra, pois nessa época eu não estava casado no cartório. Mas ele agia de forma diferente, me tratava com amor e humildade, abria sua Bíblia e me falava do Senhor Jesus que livra, que cura, que salva, que batiza com o Espírito Santo e que perdoa os pecados. Durante seis anos quando eu visitava meu sogro, eu ouvia sua ministração do evangelho, mas parecia não fazer efeito, pois eu continuava do mesmo jeito. Mas era engano meu, já que aquelas palavras estavam sendo semeadas em meu coração. E a fé vem pelo ouvir e ouvir a Palavra de Deus.



                                                                                    A    CONVERSÃO

         E ocorreu um fato inesperado, José Portilho que era meu sogro, amigo e pastor teve um enfarte e ficou internado durante um dia, como que o tempo parasse para ele se despedir de seus familiares. No hospital ele conversou, se despediu como sabendo de sua partida para os braços do Senhor. E aconteceu que ele teve um segundo enfarte, só que desta vez fulminante aos setenta e três anos de idade.
      As vezes não entendemos os planos de Deus, da maneira que o Senhor age para chegar-se a nós.
      No dia vinte e nove de julho de dois mil e quatro fui ao velório daquele servo fiel a Deus com profunda dor em meu peito. E chegando ao lado do caixão, algo começou a acontecer comigo, eu olhava para aquela face serena e via um brilho resplandecer em seu rosto. Recordava do amor, da humildade e simplicidade daquele servo e pensava: " O que estou fazendo da minha vida para o Senhor". Coloquei a minha mão sobre as mãos dele no caixão e uma virtude começou a me envolver, comecei a lembrar de tudo que ele havia falado sobre o Senhor Jesus e fui envolvido por um grande quebrantamento que saia do meu coração.
      As lágrimas começaram a percorrer minha face e sentia o coração contrito como que sendo rasgado ao meio. Entreguei meu coração e comecei a falar como que sussurrando aos ouvidos daquele Senhor Jesus que tanto ele me falou e eu disse: " Senhor Jesus me liberte que eu não quero mais essa vida, eu também quero ser servo do Senhor como esse homem que descansa, quero ser até melhor do que ele nas suas obras."
      Entreguei meu coração para o Senhor Jesus, depois de um breve tempo, eu estava no canto da sala do velório e fui preenchido por uma paz no qual nunca havia sentido antes, o Senhor ouviu minha súplica, veio ao meu encontro e uma voz suave ecoou no meu coração: " Hoje estou recolhendo um servo, mas estou levantando outro servo. E conhecereis a verdade e a verdade te libertará."
         A partir daquele dia começou a nascer dentro de mim uma sede de justiça, uma vontade de buscar a Deus, comecei a ler a Bíblia assiduamente, escutar louvores e hinos. Mas não sabia onde, em qual igreja servir a Deus. Ouvia pelo rádio programas evangélicos e algumas vezes era tocado pelo Espírito Santo.
         Depois de um tempo fui visitar uma igreja que me identifiquei com a forma de adoração, comecei a buscar a face do Senhor com dedicação, adorando em espírito e verdade.
            O Senhor cumpriu sua promessa, depois de dezessete anos acorrentado na prisão espiritual que me condenava aos vícios e perdição, o Senhor da glória quebrou os grilhões e me libertou, casei com minha esposa no cartório e    Deus restaurou minha vida por completo.


            O    BATISMO


            Fui revestido com as armaduras de Deus e transformado por inteiro. Por muito tempo tive minha mente danificada por causa das drogas, sem recuperação    para a medicina, mas para Deus nada é impossível, o Senhor renovou a minha mente e me deu dons para trabalhar em sua obra, como o dom de escrever mensagem e poesia cristã.
            Que virada na minha vida, aquele Deus desconhecido do passado que me livrava da morte é o próprio Deus Criador dos céus e da terra, que amou o mundo de tal maneira, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.    “ EU    CREIO ”
            Para confirmar a minha fé cristã, faltava cumprir uma ordenança do Senhor Jesus, que é o batismo nas águas. Fui assistir um batismo na igreja em uma ocasião muito especial, era dia 10 de junho de 2006. No dia estava sentindo muito a presença de Deus, meu coração parecia uma tocha de fogo. Quando o pregador da noite estava ministrando a Palavra, ele disse uma frase na revelação de Deus que veio como uma flecha em meu coração, ele disse: “ Jovem hoje Deus vai cumprir a promessa na sua vida, quando você andava por esse mundo, Ele te livrou da morte muitas vezes, para que você estivesse aqui neste dia para ser batizado ”. Essas palavras confirmaram aquela convicção da minha adolescência que iria morrer com trinta e três anos, pois me lembrei naquele momento.
        
        
        


                                                               A    PROMESSA    CUMPRIDA


     
            Com lágrimas no rosto e alegria na alma fui para as águas. Quando o irmão ancião colocou suas mãos em mim para me batizar, eu olhei para o alto e disse: " Eis-me aqui Senhor ". E desci as águas em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e surgi nova criatura. Nasci da água e do Espírito.
         A promessa do Deus glorioso cumprida com exatidão. Que dia tão especial que jamais esquecerei o dia em que estava fazendo aniversário e completando trinta e três anos de idade. O dia em que o Senhor falou que eu iria morrer, foi o dia em que morri para o mundo, fui batizado e nasci como filho de Deus.
         Ganhei o maior presente que o mundo não pode oferecer: a graça, o perdão e o amor de Deus.
         Grande foi a obra que Deus fez em meu favor, mesmo    não merecendo por tudo que vivi, mas como Deus não leva em conta o tempo da ignorância, ele deu a vitória para minha família, em especial para minha mãe, que calejou os joelhos orando por mim. Deus agora preenche meu coração com o Espírito Santo da promessa.
         Quando Deus tem uma promessa, o inferno se levanta contra, mas não prevalece, pois o Deus Todo poderoso cumpre sua Palavra e livra com mão forte. Agora satanás vai comer o pão que ele amassou e será envergonhado através do meu testemunho.
         Esse é apenas o começo de uma história de lutas que surgirá pela frente, mas a alegria do Senhor é a minha força e a confiança em Cristo ressuscitado é tanta que me enche de esperança    para um dia viver ao seu lado pela eternidade.
         Que toda honra, glória, poder seja dada a Deus em nome do Senhor Jesus que vive eternamente.
 
22/03/2009 01:25:13 :: RAFAEL MATOS


Conclamação (soneto)

Deficiente físico, ser humano como qualquer outro.
por isso deve ser tratado como tal
e ter os mesmos direitos.

Infelizmente não é o que acontece, percebe-se claramente,
afinal, a cidade não é planejada para o deficiente,
assim, este não tem direito a ela,
é obrigado a conviver com obstáculos que poderiam ser retirados do seu caminho.

Apesar do que já foi realizado para adaptar a cidade ao deficiente,
ainda é muito pouco diante do que ele realmente precisa
para viver bem e com dignidade.

Essa é a luta do deficiente físico
que todos devem abraçar de coração e com vontade,
sem preconceito algum,
senão não teremos um futuro mais humano como desejamos.
 
21/03/2009 08:28:52 :: Godinho@Godinho
FALAR DE VOCÊ

Falar de você,é expressar os mais nobres sentimentos...
É amar,é sonhar,é sorrir,é tê-la nos pensamentos...

É sentir a calma da natureza,do paraíso...
Atravéz da alma,da sua beleza,do seu sorriso...

Seus olhos brilhantes,luz de diamante,trazem harmonia...
Dizem a verdade e fazem amizades,com simpatia...

Olhos bonitos,que com seu brilho,transmitem amor...
Transmitem calma enxerga a alma,seu interior...

Não tens maldade,faz caridade,tem sentimentos...
Sua ternura, à alma invade,cura por dentro...

Gosta de todos,ama a vida e a liberdade...
Manda mensagens às pessoas queridas que sente saudade...

Frases bonitas diz o que sente,fala com à alma...
Luz infinita,que ilumina a gente e transmite calma...

Vê na poesia,paz e harmonia,tranqüilidade...
Vê nos amigos a luz que irradia da sua bondade...

Tens simpatia e inspira sonhos a quem à conhece...
Seus recadinhos,frases e scraps,quem lê não esquece...

Assim é você,à quem descrevi e tentei me expressar...
Disse o que senti,não pude impedir o coração de falar...

Poeta não sou,mas você me inspirou a te descrever...
Digo com certeza “que com sua nobreza,tenho muito à aprender”...

by:Godinho@Godinho

Publicado no site: O Melhor da Web em 30/12/2008
Código do Texto: 10328
 
21/03/2009 05:30:54 :: DINÁ FERNANDES De OLIVEIRA SOUZA


Minha primeira colaboração no mural. Agradeço àqueles que por aqui passarem e que se arrisqum a uma leitura aos meus singelos versos. Não me poupem quanto às críticas, els me servem de incentivo para que eu possa melhorar o meu aprendizado junto a esse banco Literário.
O meu muito obrigada!



Poesia estar na veia
Alimenta-se de emoção
Sobrevive    da compulsão
do poeta , de falar da vida alheia

Poesia é inspiração
é a voz do sentimento
gesta no pensamento
e nasce no coração

Ferramenta    de    poeta
Que chora em dia de festa
Que rir da menor emoção
Faz dos versos uma canção

Poetar,    é    versos    lapidar
É aproximar amores e amar
É insanidade,    é melodia
É viver em    harmonia.

Eu digo pra poesia
Hoje você é minha alegria
Aprendiz de poeta    eu sou
Partícula que nos    versos se encontrou!

Diná    Fernandes
 
21/03/2009 01:18:23 :: ALEXANDRA
Olá
Bem hoje é o primeiro dia que inicio aqui a partilha dos meus textos.
Ja o fazia no recanto das letras e no meu blog mas como escrever é uma das minhas paixões nunca é de mais partilhar o que escrevo com mais gente que sabe apreciar.
Agradeço que vejam os meus textos e opinem...
Agradeço que me critiquem sem for necessário pois a critica é uma forma de construção.
Só assim poderei melhorar.

Obrigada pela vossa atenção.

Tambem passarei nos vossos sempre que puder!

Atenciosamente.
Alexandra
 
20/03/2009 21:21:34 :: VOLNEI RIJO BRAGA
Orquídea



A educação e o respeito são, como uma Orquídea,não é em toda arvore, que ela vinga!



Balneário dos Prazeres: 20 / 03 / 2009





 
18/03/2009 16:24:03 :: FER FONTES(Cöllyßry)


"O sonho está para a meninice…

Como a tentação para o crescimento"...




¯`•.•´¯)
*`•.¸(¯`•.•´¯)
¤ º° ¤`•.¸.•´ ¤ º° ¤*¤ º° ¤`•.¸.•´      


"Alimentas o corpo para o Hoje...
Alimentas o Espírito para a Eternidade..."




 
17/03/2009 16:30:23 :: FER FONTES(Cöllyßry)

Acorda do torpor doentio…

E,

Anota…

O tempo perdido que já passou.






(¯`•.•´¯)
*`•.¸(¯`•.•´¯)
¤ º° ¤`•.¸.•´ ¤ º° ¤*¤ º° ¤`•.¸.•´   


"Alimentas o corpo para o Hoje...

Alimentas o Espírito para a Eternidade..."
 
16/03/2009 10:16:31 :: Godinho@Godinho

PAIXÃO QUE VEIO PRA FICAR


Olhos se fitam,
Mas exitam,
Vozes não saem...
O silêncio fica,
O coração palpita,
Corpos se atraem...

O rosto aquece,
A mente enlouquece,
O desejo aparece...
Lábios se tocam,
Mãos se provocam,
O amor acontece...

O dia amanhece,
A paixão floresce...
Sonhos se realizam,
Vidas se eternizam,
A alma não esquece...

Do perfume que fica,
Vozes que emudecem...
Dos olhos que brilham,
Beijos que entorpecem...

Do rosto colado,
Ainda corado,
Do ato de amar...
Das mãos sobrepostas,
Buscando respostas,
No fundo do olhar...

O sol deslumbrado,
Com os apaixonados,
Diz que vai esquentar...
É tanta emoção,
Que nem mesmo a razão,
Consegue explicar...

Em meio ao silêncio,
Uma voz ao vento,
Vem os avisar...
“Eu sou a paixão,
Digam ao coração,
Que eu vim
Pra ficar”...

by:Godinho@Godinho


Publicado no site: O Melhor da Web em 10/01/2009
Código do Texto: 11469
 
15/03/2009 01:11:37 :: RAFAEL MATOS


Cotidiano absurdo (soneto)

Matas inteiras devastadas para servirem de pastagem,
Meio ambiente destruído.
Isso acontece aqui no nosso Brasil,
Lá no sudoeste do Pará.

O que a ganância pelo dinheiro não faz!
Agora, não se pode fazer mais nada,
Resta somente esperar pela recuperação da região,
E talvez depois de 100 anos (um século), na melhor das hipóteses,
A mata esteja recuperada, parcialmente ou totalmente.

Multas com valores altíssimos não adiantam diante do crime cometido,
O que se precisa realmente é de uma legislação ambiental
Forte e atuante, que puna com rigor e justiça.

Fala-se que a legislação que vigora atualmente é a melhor que o Brasil já teve,
Mas o que a realidade mostra não é o que é alardeado.
Até quando o meio ambiente vai ser destruído
Sem que ninguém possa fazer nada para conter a ação irracional do homem?
 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.