Espaço Literário

O Melhor da Web

 


Sua contribuição é muito importante!
Peço que as poesias tenham a autorização e/ou respeite o crédito do autor.

Se algum texto violar essa regra ou se o autor pedir para retirar, este será deletado de nosso banco de dados.
Qualquer abuso favor entrar em contato e comunicar o fato.
Desde já agradeço!
Cláudio Joaquim


Principal >> Mural INCLUIR TEXTO NO MURAL
07/06/2009 09:49:34 :: LUCIENE LIMA PRADO


DUAS LUAS (Rondel)

Como na terra seria
Se existissem duas luas?
Onde São Jorge moraria,
E como ficariam as ruas?

O homem veria as duas
Sem saber a quem cantaria.
Como na terra seria
Se existissem duas luas?

Vem vindo de costas nuas,
Manhosa, a cabocla Maria;
João beija as mãos suas...
Vendo luas no céu todo dia
Como na terra seria?
 
07/06/2009 09:48:28 :: LUCIENE LIMA PRADO


SONETO DA CARNE

Tenho na carne a chaga do pecado
Que nunca dissipa, só me consome;
Está manchado, pra sempre, meu nome,
Por eu ter por tantas vezes errado

Esta mísera criatura arde e sangra,
Espremida nas astúcias carnais;
Se passo por entre joios e trigais,
Irrita-me a repetição de um mantra.

Meus ouvidos não ouvem as orações,
Por estar refreado de más ações;
De tanta contravenção ouvir não pode.

Nada espero, nada quero esperar;
Porque nesta vida, sempre a amargar,
Minha maculada carne ainda explode.

(Luciene Lima Prado)
 
07/06/2009 09:47:34 :: LUCIENE LIMA PRADO


FINA POESIA

Caem as sementes de girassol
Sobre um corpo que sonha.

Do corpo sonhador sobre a grama
Emana uma inspirada serenidade.

E tudo vira flor-borboleta
A despetalar a poesia.

(Luciene Lima Prado)
 
07/06/2009 09:45:44 :: LUCIENE LIMA PRADO


SONETO DA VIAGEM INTERIOR

Velejo sobre o mar do pensamento,
Buscando a companhia da solidão,
E poder ver coisas que passarão
Por entre as nuvens, solo, fumaça e vento.

Que penso é o que há, tem fundamento;
Que sei começa no meu coração.
No meu mundo interior morre um “não,
O que penso, sinto e sei me dá alento.

Já não me interessa o que vem de fora,
Pois dentro de mim a verdade aflora;
Aqui se encontra o que chamo verdade.

Eu, sozinha, penso sem confusão,
Flutuo nas loucas ideias da razão
E me torno pequena realidade.

(Luciene Lima Prado)
 
07/06/2009 01:06:12 :: GORETTI ALBUQUERQUE


Vem para mim...


Sou tua voz, tua luz, teu olhar.
Preciso que o sol venha me banhar
À noite quero às estrelas a me acenar:
Quem sabe a magia da lua a me extasiar.

Quero ouvir a cascata rios e fontes
E todo teu segredo quero que me contes
Ainda que eu chore por algo que me desapontes
Contigo eu saltarei obstáculos e montes.

Vem pra mim no riso, no amor e na dor
Serei tua comparsa irás comigo pra onde eu for:
Entre suspiros de amor, versos irei compor
Em ressoar constante entenderás o amor.

Que de ti eu tenha sempre a mão que afaga
Meu coração é luz que jamais se apaga
Mesmo que finde e venha a dor que esmaga
Em meu olhar verás por lágrimas, a “paga.”

Santuário de sonhos e desejos
Serão pra ti todos os meus versejos
Em meu querer serás os meus ensejos
De tanto amar restarão meus bocejos.

Luz da amanhã estrela matutina
Cor do luar prateado que ilumina
Tal qual o mar o teu olhar fascina
Quero em teus braços ser tua menina.

Goretti Albuquerque.


 
07/06/2009 01:02:56 :: GORETTI ALBUQUERQUE


Página a escrever...

Noite enluarada
Ciranda animada
Junto à meninada
Eu moça calada.

Infância comum
Nada    a acrescentar
Minh’alma incomum
Sonhando acertar.

Detalhes pequenos
Página a escrever
E eu querendo ao menos
Transpor meu viver.

Se o bem e mal existem
Pedregulhos vão surgindo
Mais o bem sempre supera
Bons caminhos vão se abrindo.

Lágrimas que ensinam
Regem um coração
Lapidam e refinam
Brota a emoção.

No passar dos anos
Na fresta eu fiquei
Modelando enganos
Bagagem eu ganhei.

Sempre peregrinos
Mais que vencedores
Somos tão meninos
Grandes lutadores.

Goretti Albuquerque.
 
05/06/2009 23:56:11 :: GORETTI ALBUQUERQUE


Sou quem mais te adora...

De um olhar trigueiro
Tinha um andar faceiro
Um falar brejeiro
Com um jeito fagueiro.

De uma formosura
Encanto e candura
Suave doçura
Beleza e ternura.

Falava de amor
Do cheiro da flor
Do riso e da dor
Era um ator.

Olhava pro canto
Tinha olhar de pranto
Cobria com um manto
Sussurrava um canto.

Trazia no peito
Um amor eleito
Tinha em seu conceito
Seu amor perfeito.

Chorosa sua alma
Suplicava calma
Sempre com ressalva
Tristonho pensava.

Quis viver sua lida
De forma escolhida
Seu amor sua vida
Vida prometida.

Esse alguém sou eu
Pela vida afora
Corpo e mente seu
Sou quem mais te adora.

Goretti Albuquerque.
 
05/06/2009 23:52:09 :: GORETTI ALBUQUERQUE


Palavras... Apenas.


Afirmo que já não te quero
Quando na verdade
Em sonhos te espero.
És minha saudade
Teu olhar venero
Na realidade
Amo-te e reitero
Minha lealdade.
Por vezes em momentos
Por forças estranhas
Bruscos sentimentos
Traz dores tamanhas;
Mais logo em seguida
Nossos corações
Acordam pra vida
Revivem emoções.
Olhares chorosos
Sorrisos manhosos
Um querer dengoso.
O sol já clareia
Sem o nosso amor
A lua vagueia
Sem nosso fulgor
De certa maneira
Estamos ligados
Pela vida inteira
É nosso legado.
Sou eu quem te adora
Quando estás na dor
Venha sem demora
Dar-te-ei amor;
Amor que um dia
Venceu mil barreiras
Forte e de valia.
De todas as maneiras
Venha me amar
Tornar-me teu Ser,
Faz-me delirar
Serei teu viver.

Goretti Albuquerque.








 
05/06/2009 16:16:42 :: LUCIENE LIMA PRADO


DA PERFEIÇÃO HUMANA

No silêncio acha-se perfeição humana.
O que não é dito nada contamina,
Torna-se o bem uma coisa tão fina,
Facilmente o sorriso do peito emana.

É perfeito o indivíduo que se cala.
No paraíso dos lábios fechados,
Os verdadeiros frutos coletados,
O silêncio que nutre o ser e o embala.

Vem, aproxima-te e nada me diz.
A fala desencanta e tudo denigre,
É feroz e mata tal qual um tigre.

Com poucas palavras se é feliz,
E, mais ainda, se nada pronuncia;
Pois assim, no mundo, a paz principia

(Luciene Lima Prado)
 
05/06/2009 15:38:35 :: LUCIENE LIMA PRADO


Quais são as novidades publicadas? Confira em:

http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_textos_autor.php?cdPoesia=29244&cdEscritor=1588&cdTipoPoesia=&TipoPoesia=&rdBusca=&tbTxBusca=

 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.