Espaço Literário

O Melhor da Web

 


Sua contribuição é muito importante!
Peço que as poesias tenham a autorização e/ou respeite o crédito do autor.

Se algum texto violar essa regra ou se o autor pedir para retirar, este será deletado de nosso banco de dados.
Qualquer abuso favor entrar em contato e comunicar o fato.
Desde já agradeço!
Cláudio Joaquim


Principal >> Mural INCLUIR TEXTO NO MURAL
26/06/2009 13:58:05 :: ALEXANDRE BRUSSOLO


A Princesa

Lá estava a linda princesa
olhava o mundo pela janela,
como poderia conhecer o mundo,
se ali ficava presa, enclausurada,
pois o rei, seu pai, assim não permitia.
A linda princesa chorava
e nas suas lágrimas muita tristeza,
mas seu pai, o rei, não sabia desta tristeza,
achava que estava fazendo bem a ela,
mas não conhecia o coração de sua filha,
pois como enfrentaria o mundo
sem se quer conhecê-lo,
como conhecer seu povo se presa
ali naquele quarto ela ficava,
vendo o mundo só pela janela de seu quarto,
como conhecer o que tinha além do horizonte,
era como estar morta ao mundo,
era como estar morta para sua própria existência.


Alexandre Brussolo (25/06/2009)


TEXTO: 311
 
26/06/2009 10:02:43 :: Godinho@Godinho
  
CAMINHOS SEM VOLTA

Há um medo à conter,
Distância à percorrer,
Caminho à refazer,
Esperança em viver...

Medo que encurta meus passos,
Voz que acusa o cansaço,
Coração em descompasso,
Veias picadas nos braços...

O ecstasy me estimula,
O crack é minha viagem,
Caminhos que não tem volta,
Pra morte são as passagens...

Parentes nem querem me ver,
A sorte também discrimina,
Sei que logo vou morrer,
Vejo a morte em cada esquina...

Não há piedade,há cobrança,
Minha vida na balança,
Vida que já foi criança,
Hoje um fio de esperança...

Vejo sonhos destruídos,
A infância interrompida,
Dos amigos excluídos,
Vejo a mãe desiludida...

Tenho que pagar o preço,
Não ouvi conselhos seus,
Falava-me com tanto apreço,
Pedia pelo amor de Deus...

Não há tempo pra mais nada,
O prazo já se esgotou,
A morte desesperada,
Me segue onde quer que vou...

É chegada a minha hora,
Vieram pra me buscar,
Me arrancarão da senhora,
Jogarão em algum lugar...

Peço a Deus que te console,
Nem sei se vais me atender,
De forças pra que não chore,
Coragem para viver...

Não chores por mim querida,
A droga é mesmo cruel,
Me tirou da sua vida,
“Mas a gente se encontra no céu”...

by:Godinho@Godinho

 
26/06/2009 00:03:53 :: GORETTI ALBUQUERQUE


Janelas da Alma.

Olhar consciente
Lacrimeja a mente
Soluços de dores
Prantos de horrores
Árvores tombadas
Toras empilhadas.

Coração da mata
Sente a mão ingrata
E o homem desmata
Ganância insensata
Seu solo devasta
Que mente nefasta!

Caminhos torcidos
Rios combalidos
Canais poluídos
Pulmão proibido
Do verde excluído
Planeta agredido.

Janelas da alma
Conserta e me acalma
Lança luz pra terra
Verdejando a serra.
Que a foice e o martelo
Não sirvam de elo
Brilhe o verde belo.

Homens sejam honrados
Parem seus arados
Sejam aliados
Deixando o legado
Que a Floresta amada
Seja preservada.

Goretti Albuquerque






 
25/06/2009 18:52:45 :: GORETTI ALBUQUERQUE


Prometo refletir...

Gosto..
De quem de mim    não gosta
Do meu jeito abusado e;
Por vezes carinhoso, não mudo mais...
Prometo refletir.

Gosto...
Do teu olhar de crítica
Pondo-me sempre a prova
Do que?
Não sei... Não quero competir.

Gosto...
Quando não me compreendes
Mostrando diferenças
Somando...
Mais valores a me fazer prosseguir.

Gosto...
Das culpas que me entregam
Aceito suas desculpas
Mesmo...
Sabendo... Nunca irás pedir.

Gosto...
De ser tão falha e humana
Crescendo em meus conceitos
Sentindo...
Aqui no peito
Vontade de sorrir!!!

Goretti Albuquerque.
 
25/06/2009 07:09:13 :: MARCO ANTONIO GOULART COSTA



tributo a você



Não sei se mentira ou verdade,

ou pura vaidade, que quero te ver.

É noite amor...

A lua briga com as estrelas,

para ter seu lugar.

É tarde a dor...

De tamanho entendimento, do presente amor.

É virgem...

O sol que castra olhares,

em tetos vulgares,

a cortar-lhes o sabor.

É lindo...

Ter você em um sonho,

Sem se quer permitir, que a noite se acabe,

Para não te levar.

E muito contente, abro um parênteses,

Removo uma fita e vou te gravar.

Acordo sorridente, quando bem a meu lado,

Me dou de repente:

Com a verdade de te amar...
 
25/06/2009 07:06:46 :: MARCO ANTONIO GOULART COSTA



SÓ VOCÊ



QUE GRANDE PROFETA EU SERIA

SE DAS NOITES NÃO DORMIDAS

A SAUDADE QUE TANTO BATE

DE ENCONTRO A TI ME LEVARIA

SONHARIA COMO UM POETA

ADORMECIDO EM MANTO CANTANTE

BUSCANDO NAS HORAS VAZIAS

O CALOR DE UM SIMPLES AMANTE

PERMANECERIA EM SONHOS PALPITANTES

DO GRANDE MANTO QUE NOS COBRERIA

NO PALCO DA CAMA ACOLCHEGANTE

ONDE UM AO OUTRO SE ENTREGARIA

E EM CADA INSTANTE DE CALOR

MAIS UM VERSO PRA TE DIZER

E DOS VERSOS EM CADA LETRA

MAIS UM AMOR A TE OFERECER

CANTARIA DAS PROSAS FEITAS

O SABOR DO PALPITAR

E FARIA DAS HORAS LEITAS

O MEU ETÉRNO TE AMAR

MAS, NÃO SOU NENHUM POETA

ISSO FAZ-ME DESEJAR

NÃO QUERO SER NENHUM PROFETA

SÓ QUERO ESTAR NO TEU PENSAR...
 
25/06/2009 07:04:40 :: MARCO ANTONIO GOULART COSTA



VIDAS CÁLIDAS



CAIDO A FRONTE SOBRE O PAPEL

CAIDO, CARREGADO, CANSADO

SABOREIO O DELICIOSO FÉL

QUE HOJE ME PÕE PROSTRADO

LEVANTO CHEIO DE LINDOS DESEJOS

LEVANTO CHEIO DE LINDOS SONHOS

O QUE PENSAR DESSES SOFEJOS

QUE DESCOMPASSADOS UM PÕE A AMAR

NÃO HÁ VERTIGES OU ARREPIOS

NÃO HÁ TRISTEZAS NEM ALEGRIAS

NÃO HÁ ESPERANÇAS ARTEIRAS

NÃO HÁ PORÉM DESVENTURAS

A EMANCIPAÇÃO DE SENTIMENTOS

O TRILHÃO DE PAIXÃO

SÃO EXTREMOS MOMENTOS

QUE NOS SUBMETE A EMOÇÃO

MEU DEUS...

QUANDO SEGUREI PÉTALAS

COLHI FLORES

ENTRE ARDORES

DE VIDAS CÁLIDAS...
 
25/06/2009 07:01:52 :: MARCO ANTONIO GOULART COSTA



BONS AMIGOS



O COPO VAZIO

O CORPO CHEIO

O CORAÇÃO INDECISO

A CORAGEM, O DEVANEIO...

A DESCOBERTA PARADA

A SAUDADE CALADA

A ESPERANÇA CANSADA

A VONTADE DE SER AMADO...

O MEDO DE PERDER

A ANGUSTIA DE ESQUECER

A INCOERENCIA DE NÃO VER

A DESVENTURA DE NÃO TER...

OS BEIJOS ROUBADOS

OS ABRAÇOS DADOS

CORAÇÕES APERTADOS

DELÍRIOS EVAPORADOS...

OS GRITOS ROUCOS

OS DESEJOS LOUCOS

A VERDADE DE POUCOS

A MENTIRA DE OUTROS...

O COPO ENCHEU-SE

O CORPO PERDEU-SE

O MEDO ESQUECEU-SE

A MENTIRA ABANDONOU-SE...

POR ISSO NA INCERTEZA

DE SERMOS:

APENAS BONS AMIGOS...
 
24/06/2009 02:30:00 :: GORETTI ALBUQUERQUE


Lúcido da cabeça???

Quando me retrato
Em versos que eu faço
Falo dos meus fatos
Honrando os meus traços.
Jogo o meu enfado
Livro-me do fardo
Às vezes em retardo
O tema é cortado.
Brilha o meu passado
Falando do amado
Presente clonado
No cheiro abstrato.
Suspiro é cortado
Mosaicos montados
Trago olhar fisgado
Mando meu recado.
Uma poesia, palavras achadas
Algumas felinas outras aplacadas.
Mais vida pacata
Meu pensar empata
Preciso da pauta
É tal qual a flauta
Belo som ressalta
E a canção exalta.
Sou pés na cabeça
Pés no chão... Esqueça!
Miragem espessa
De alma bem travessa.
Antes que aconteça
Que alguém pereça
Sem que permaneça
Lúcido da cabeça...

Goretti Albuquerque.



 
24/06/2009 00:46:38 :: GORETTI ALBUQUERQUE


Vento que ao longe sopra a poeira
Olha meu peito só trás canseira.
Sofri, chorei mais consegui ser tua por inteira
Agora sinto tua falta, choro e lamento pela vida inteira.

Chuva caindo bem de mansinho
Não molhes nunca esse mocinho
Tenho por ele, zelo e carinho
É dele o encanto do meu caminho.

Sol com teus raios banham o meu moreno
Cora sua face, feito um veneno
Beija-me o colo com a luz amena
Trás meu amado trás o meu pequeno!

Estrela cintilante beija o meu amante
Que está longe agora feito um caminhante!
Lua acredita, quero o sorriso desse galante
Em brancos raios entrega o meu amado nesse instante.

Embriaga-me com tua ternura
Tenho os pés presos em sua armadura
Tens o encanto do luar em tua formosura
És meu menino eu sou somente a criatura.

Invoco a branca espuma das ondas do mar
Para que no fundo do oceano possam te encontrar
Inseguranças nos impediram esse nosso forte amar
Por Deus eu quero e vou te encontrar.

Goretti Albuquerque.
 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.