Espaço Literário

O Melhor da Web

 


Sua contribuição é muito importante!
Peço que as poesias tenham a autorização e/ou respeite o crédito do autor.

Se algum texto violar essa regra ou se o autor pedir para retirar, este será deletado de nosso banco de dados.
Qualquer abuso favor entrar em contato e comunicar o fato.
Desde já agradeço!
Cláudio Joaquim


Principal >> Mural INCLUIR TEXTO NO MURAL
01/08/2009 12:20:58 :: FRANCISCO AMADO


Todo pensamento cria uma série de vibrações na substância do corpo mental, correspondentes à natureza do mesmo pensamento, e que se combina em maravilhoso jogo de cores, tal como se dá com gotículas de água desprendidas de uma cascata, e atravessadas pelo raio de sol.
Os pensamentos tem cores e formas em conformidade com seu tipo e gravita em torno de seu gerador. DESENVOLVIMENTO PESSOAL
Se este pensamento é uma aspiração pessoal, tal como se dá com a maioria dos pensamentos, este fica ao redor do seu criador, pronto sempre a reagir benéfica ou malèficamente. Estranhas formas simbólicas representam os sentimentos que as originaram.
1. A usura, a ambição, a avidez, produzem formas retorcidas, como que dispostas a prender o objeto cobiçado.
2. O pensamento, preocupado com a resolução de um problema, produz filamentos espirais.
3. Os sentimentos endereçados a outros, sejam de ódio ou de afeição, originam semelhantes aos projéteis.
4. A cólera, por exemplo, assemelha-se ao zigue-zague do raio, o medo provoca jactos de substância pardacenta, quais salpico de lama.
De posse destas informações eu acredito ser prudente o leitor começar a analisar e vigiar seus pensamentos a fim de não ser vitima de suas próprias criações. Eu particularmente sempre achei atraente estudar sobre as possibilidades da mente e seus poderes.
Neste contexto é fácil compreender o as palavras de Jesus quando afirmou: Aquele que tiver a fé do tamanho de um grão de mostarda dirá a este monte passa daqui para acolá e isto se dará.
Que maior felicidade do que essa, a de sabermos capazes de vencer todos os obstáculos e de resolver todos os problemas? Mas depende unicamente de você pôr ao seu serviço toda a energia mental que possui.
A verdade é que pensar é criar. A realidade dessa criação pode não se exteriorizar, de súbito, no campo dos efeitos passageiro, mas o objeto formado pelo poder mental vive no mundo íntimo, exigindo cuidados particular para o esforço de continuidade ou extinção.
Os maus pensamentos contagiam os fluidos espirituais, como os miasmas deletérios contagiam o ar respirável.
Quer dar um novo rumo para sua vida? Pois comece a dar um novo rumo para seus pensamentos começando por mudar o modo que você encara a vida. O pensamento é fundamentalmente plasmador tendendo a concretizar-se na medida em que for estimulado pela ardência de seus desejos.
O que você deseja? Pois já é seu. Basta que você alimente este desejo e crie as condições para atingir seu objetivo, mas sem desconfiança em seu coração.
http://adriloaz.blogspot.com
 
30/07/2009 23:04:55 :: ZAYMON ZARONDY


EM TUDO QUE VEJO TEM POESIA...!!!!

Em tudo que vejo tem poesia...
No verde, no mar, na maresia;
No ar, na chuva, no piar da cotovia;
No andar das pessoas, nos paralelepípedos, no dia a dia;
No arroubo dos apaixonados, nas paisagem mortas;
Nas frestas das portas, naquela boca torta;
Naquela situação insólita.

Em tudo que vejo tem poesia...
No valsar do vento no firmamento;
No trilhar incessante do relógio;
Na tristeza expressa no velório;
Naquele brilho ofuscante dos olhos ao qual exploro
Ao constatar sem vacilar que todo discurso simplório
Não faz parte do seu repertório mesmo sendo invólucro do pensar
E não preenche nenhum requisito satisfatório nem expiatório
Que explore o reverso dos teus olhos quando te olho por olhar.

Conheça os textos de FRANCISCO CHAGAS DIAS
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=678


 
29/07/2009 08:38:45 :: SUZANNA PETRI MARTINS


MEU GRANDE AMOR

Sinto um vazio crescente
Vou ficando cada vez mais carente
Depois que percebi
Que sem você
Iria sucumbir

A uma tristeza latente
Insistente, inerente
A sua ausência sempre presente

Anestesiada pela dor
De ter perdido meu grande amor
Tento seguir em frente
Mas a tristeza me cala

Separada da realidade
Só sinto saudade
Uma enorme necessidade
De ficar ao lado seu

Divago por um tempo
Sussurro seu nome ao vento
Acabo retornando
Do meu mundo perdido

Onde tudo fazia sentido
Não havia sofrer
E eu só sabia como amar você....





 
28/07/2009 16:53:13 :: ROGESSI DE ARAUJO MENDES
CINZA
Hoje, estou cinza. Neutra, desfalecida.
Estou em um estado... em que me pesa o pensar!...
A minh’alma emudeceu... Meus dentes travaram!
Deito e não quero acordar...
Até as letras, fluem compassadas, negando-se a dar vida ao ofício... Preguiçosamente... reticentes...
Vão fluindo... como se brotassem de uma nascente entupida!
Ah! Ânimo para gritar!...
São tantos os pesares, dores, desamores... horrores!
Insatisfações, pressões!
Fingimentos... adequação imposta!
Uma vez na vida quero gritar:BOSTA!
Sou humana!...
Estou cinza!...
Ainda bem, que não estou preta! – nada contra! Amo o preto e o vermelho –    O meu escrever concerne ao fato, de que o cinza é neutro...
É bom receptor! De cores várias: fortes, amenas, é base! É fundo!...
Implica que: embora cinza... posso voltar a viver!
Aguardo o amanhecer.

Esther"Rogessi".Prosa Poética: Cinza. Categoria: Poética.29/07/09. Copyright
 
27/07/2009 17:02:01 :: GORETTI ALBUQUERQUE



Gangorra do sobe ou... Desce?

Sobe a ladeira neguinho
Segura a onda e não diz besteiras...
Bota a mão na massa e faz com carinho
Alguém na banguela já sobe às ladeiras.

Que engraçado e motivador
Queres subir sem elevador?
Pegas carona com “O Amador!”
Seus simples versos dizem do amor.

Por favor, meu “Nobre e sem nome!”
Deixa-me abraçar-te sentir sua nobreza
Sou eu “Cá de baixo” sem um sobrenome
Meu mundo é o manto da “Mãe Natureza!”

O Criador estava em riso profundo
Quando me formou e me olhou de soslaio
Essa pequena vai se massacrar mais vai fundo
Quem sabe essa doida aplaque a dureza de seu coração.

Olha a onda... Olha a onda.
Desmanche essa cara vem sorrir que o dia está lindo!
Repasse carinho, amor e bondade o “Teu Deus te sonda.”
De nada adianta criticar meus versos... Eu? Estou sorrindo.

Tanto faz no alto ou no rodapé
Não listando os 100 você é alguém
Dentro de um bueiro subindo a maré
Não é um deboche é meu passaporte para o “Mais Além!”





 
25/07/2009 00:29:55 :: GORETTI ALBUQUERQUE


Duplicidade... É Nada!!!



Fora da rota do tempo
Meus pensamentos vagueiam
Jogo fora o contratempo
Sonhar... Longe do bom senso.

Retrato-me na consistência
Sem modelar-me “certinha”
Primo por ter consciência
Sou um trem fora da linha.

Duplicidade é “um nada,”
Temos facetas além
Se a estrada é bem curvada
Igualdade? Só no “Bem.”

Sou hoje o azul do Céu
Amanhã... O verde do mar;
Sou mutante flor do mel
Jamais em um só lugar.

Beijo o luar do sertão
Amo ao Poeta mutante
Sou carro na contramão
Um riso farto e constante.

Sou gado na invernada
Arrebento-me e choro atoa;
Uma mortal que do nada
Tira um sorriso e “caçoa!”

Goretti Albuquerque.
Um pouco abusada mais... Amo-te!






Publicado no site: O Melhor da Web em 23/07/2009
Código do Texto: 34257
 
25/07/2009 00:26:42 :: GORETTI ALBUQUERQUE


Autor(a) Goretti Albuquerque.

Prometo não dizer que horas são...

Opa! 11e 49 da noite
Parei, pensei, questionei...
O que eu consegui aprender?
Só tenho um minuto para me surpreender.

Então... Olha o mundo esquece a hora
Em um segundo vais embora
Vai bem fundo, a vida é agora
Um brinde A Vida! A doce aurora!

Morri de rir, meu tempo estava pouco
O que eu não fiz? Hi! Reflexão...
Mas, isso é tosco, não fazem os loucos
Nem sempre minha lucidez é usada junto à razão.

Opa! São 11 e 59 ainda
Procuro algo do que eu já fiz
Bom: Sorri, cantei amei,chorei e choro ainda
Quando no pouco reciclo o osso sigo feliz.

Ah! São 12 e 09, já é madrugada
Bateu cansaço computador amigo.
Stop... Por hoje chega vou dormir eternizada
Pois que em sandices disse o que eu queria
Meu câmbio final e... Desligo!




 
24/07/2009 13:53:12 :: AKEZA SILVA


AURORA RENASCIDA

Vida...
com todo tipo de pensamento,
com estrelas em movimentos,
com desertos e oásis,
aprendizados
e todas as mudanças de fases.

Vida...
no sentido livre do céu,
na suprema claridade do sorriso,
na inocência que idealizo...
com o orvalho nos campos da cores
e o sucesso regido da beleza das flores!

Vida...
na memória da melodia dos ventos,
estendida no manto sagrado dos corpos
para se compor de sentimentos
e devolver a matéria vazia
ao sepulcro dos mortos.
Com emoções entre as vestimentas do tempo
e o canto dos pássaros ao nascer de cada dia, para fazer valer o contentamento da sorte,
na arte composta da revelação Poesia!

Fim desta, C. Santos - Akeza

Muito obrigada por se fazer presente ao meu coração! Juntos, seremos tudo o que Deus espera de nós!


 
24/07/2009 11:07:51 :: NILTON


         A NATUREZA

A natureza grita
como um brado
de terror

pedindo socorro
aos homens
me salve
por favor

estou morrendo
aos poucos
sufocado pelo calor

e pela ganancia
dos homens
que destroi
sem sentir dor

visando
o lucro sempre
esquecendo
do amor

                                                               Nilton    (poema a natureza)       05.07.2009          09:50 hs
 
24/07/2009 10:58:01 :: NILTON


A VIDA

na corrida da vida
o otimista
espera sempre chegar

porem o pessimista
acha o caminho longo
e desiste
sem ao mesmo tentar

tentar encontrar seu caminho
com medo de errar
e tropeçar no destino
e mais fraco ficar

e esconde dentro de si
muitas vezes sorrindo
a tristeza,
de nunca poder sonhar

poesia A VIDA    autor Nilton    24/07/2009          10:50 hs
 

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.